Pastores e líderes fazendo discípulos

Foto: Divulgação

Um encontro que aconteceu em Cataguases (MG) contou com mais de 300 representantes de diferentes denominações da cidade para discutir a importância de fazer discípulos

Uma nova ação tem acontecido nas igrejas evangélicas do Brasil. Um movimento chamado  “Encontro de Igrejas que Intencionalmente Fazem Discípulos” (IIFD). A iniciativa oferece aos pastores e líderes de diferentes denominações um espaço de diálogo, renovação e mobilização para a vivência de uma cultura de discipulado em suas igrejas.

O primeiro encontro aconteceu no início do mês, na Igreja Metodista Wesleyana de Cataguases (MG). Mais de 300 pastores representando 5 estados brasileiros participaram do evento.

O tema foi “Fazer discípulos, fazendo isso em todos os níveis: pastores e líderes, membros e novos convertidos”. Os participantes trocaram experiências relacionadas às iniciativas de discipulado em sua igreja local.

Participaram de palestras e seminários ministrados por David Kornfield, Ilaene Schuler e Daniel Vargas, todos missionários da Sepal. Além de  Ricardo Saltes, diretor executivo interino da Aliança Evangélica do Brasil, parceira do IIFD.

Crescimento intencional

De acordo com Ilaene Schüler, coordenadora do Ministério Mulheres Mentoras/Sepal, esses Encontros são importantes para a igreja brasileira. Uma oportunidade para alavancar parcerias criativas entre movimentos e igrejas. E prioriza a criação de ações voltadas para o discipulado.

Segundo ela, a intenção é servir aos pastores e líderes em sua vida e ministério, ajudando-os a catalisar um movimento de discipulado em sua igreja local, denominação ou rede.

Ilaene entende discipulado como “crescimento intencional com a ajuda de outro”, o qual é baseado em relacionamentos comprometidos e visão de multiplicação.

David Kornfield
David Kornfield dando palestra. Foto: Divulgação

Ao falar sobre o evento, David Kornfield sinaliza a relevância do projeto da Aliança Evangélica Mundial (AEM ou WEA) intitulado “Década de Fazer Discípulos 2020–2030”.

A ação pretende estimular todas as Alianças Evangélicas do mundo, inclusive a brasileira, a fomentar movimentos de discipulado.

“O movimento de Igrejas que Intencionalmente Fazem Discípulos está se juntando às igrejas que aderiram a esse projeto, ajudando pastores, líderes e congregações a andar nessa direção”, comenta.

Experiência transformadora

Marluci de Oliveira é ministra de Discipulado e Mentoria da Igreja Batista em Barra do Imbuí, em Teresópolis (RJ). Para ela, os conteúdos ministrados no Encontro trouxeram mais capacitação no sentido de liderança na igreja.

O que mais chamou a atenção de Marluci foi a exposição dos estágios de maturidade de cada etapa da vida cristã e dos passos para identificar o estágio em que cada um está. “O Encontro foi fantástico. Certamente, indicarei as futuras edições para meus amigos. Por meio de eventos como esse temos acesso a ajuda qualificada”.

Já Márcia Flores, ministra de música, líder e supervisora de pequenos grupos e conselheira na rede feminina da Quarta Igreja Batista de Campo Grande (MS), compartilha seu entusiasmo em relação ao que aprendeu. “Vou implantar a cultura do discipulado onde atuo. Quero compartilhar a visão com todos que estão sob minha liderança”.

Os Encontros IIFD devem se repetir com novos conteúdos em anos seguintes. A próxima edição será na Igreja Batista de Bacacheri, em Curitiba (PR), entre os dias 15 e 16 de maio de 2020.

A visão da IIFD é destacar igrejas referencias com o DNA de discipulado e que possam catalisar movimentos de igrejas discipuladoras em seu contexto e além.

Fique ligado!

Dia: 15 e 16 de maio 2020
Local: Igreja Batista de Bacacheri, em Curitiba (PR)


Leia mais

Mentoria para a liderança da igreja evangélica brasileira
O discipulado hoje
Se você for discipulado