24.4 C
Vitória
segunda-feira, 23 novembro 2020

Trump fixa como meta acabar com o HIV

Leia também

País quer elevar comércio com a Índia, diz Guedes

"Nossos olhos brilham como vemos acordos como o da Ásia, que integram toda a região", afirmou o ministro da economia

PF faz ‘maior operação do ano’ contra o tráfico

Durante as investigações, que começaram em 2017, foram apreendidas 50 toneladas de cocaína nos portos do Brasil, da Europa e da África

Bolsonaro lamenta alta de preços de alimentos

O presidente ressaltou que sem medidas do governo federal, como a ajuda para pequena empresas e o auxílio emergencial

“Juntos, acabaremos com a Aids nos Estados Unidos e no mundo”, disse Trump durante seu discurso anual sobre o Estado da União

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fixou como objetivo acabar no prazo de uma década com “a epidemia de HIV” no seu país, e prometeu dedicar fundos governamentais a esse fim e à luta contra o câncer infantil.

“Juntos, acabaremos com a Aids nos Estados Unidos e no mundo”, discursou. O presidente norte-americano ressaltou que, “nos últimos anos”, os Estados Unidos fizeram “avanços notáveis na luta contra o HIV e a Aids”.

“Os avanços científicos aproximaram o que uma vez foi um sonho distante. A minha proposta de orçamento pedirá a democratas e republicanos que façamos o compromisso necessário para eliminar a epidemia de HIV no prazo de 10 anos”, antecipou Trump.

câncer

O presidente pediu, além disso, que os legisladores se unam a ele na “luta contra o câncer infantil” e destacou a história de uma das suas convidadas ao discurso no Congresso, a menina de dez anos Grace Eline, que acaba de superar um tratamento contra um tumor cerebral.

“Muitos cânceres infantis estão aí há décadas sem que haja novos tratamentos. A minha proposta de orçamento pedirá ao Congresso US$ 500 milhões na próxima década para financiar esta pesquisa crucial, que salvas vidas”, frisou.

Trump garantiu ainda que sua “próxima grande prioridade” legislativa será diminuir os preços dos remédios que requerem receita, e pediu ao Congresso que aprove um projeto de lei a esse respeito.

“É inaceitável que os americanos paguem muito mais que as pessoas em outros países por exatamente os mesmos remédios, frequentemente fabricados no mesmo lugar. Isto está errado, é injusto, e juntos podemos acabar com isso”, destacou.

Em outubro do ano passado, Trump apresentou uma ambiciosa proposta para diminuir os preços de alguns remédios que requerem receita e fazer frente assim ao desequilíbrio entre os custos dos medicamentos no seu país e na Europa.

A iniciativa procura que a agência encarregada do programa federal de seguros médicos subvencionados para idosos, chamado Medicare, possa negociar diretamente com as farmacêuticas os preços de certos remédios, se baseando nos custos que pagam por eles em outras economias industrializadas.

*Com informações da Agência EFE.


leia mais

Trump assina ato em prol de vítimas do Estado Islâmico
Trump vai encerrar acordo nuclear entre EUA e Rússia

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Ataque a igreja nos EUA deixa dois mortos

Ataque aconteceu na Igreja Batista da Graça, em San José, Califórnia. Não havia culto no momento do ataque, apenas moradores de rua, que estavam abrigados no local. Saiba mais!

Biden anuncia novos nomes para cargos na Casa Branca

"Estou orgulhoso em anunciar novos membros da minha equipe sênior, que nos ajudará a reconstruir o país da melhor forma", disse Biden

Número 2 da Al Qaeda foi morto secretamente no Irã

Autoridades iranianas estão acobertando a morte de Abdullah. Nenhum governo reivindicou responsabilidade pela ação. Saiba mais

Após Bolsonaro falar em pólvora, ministro da defesa diz que Brasil é pacífico

O ministro da Defesa também reclamou de "atraso" no desenvolvimento dos projetos estratégicos das três Forças

Biden terá de se mostrar capaz sobre a união, diz Mourão

O vice-presidente afirmou ainda que não tem dúvidas de que as relações econômicas com os EUA "vão perdurar e vão avançar"

Mundo ultrapassa 50 milhões de casos de covid-19

As mortes em decorrência da doença no mundo chegam a 1.256.254, segundo a plataforma da universidade norte-americana

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 

Conferência pastoral Fidelidade Extrema

Realizado pela Associação Evangelística Billy Graham, a Conferência começou hoje, 13 e vai até amanhã. Saiba mais!

A esperança não decepciona! Live DIP 2021 é hoje

A Missão Portas Abertas fará Live de lançamento do DIP 2021, hoje, às 19 horas para dar detalhes sobre o Domingo da igreja Perseguida. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Deive Leonardo grava última série do ano: Confira!

Gravação será no dia 12 de dezembro, em São José do Rio Preto (SP). Saiba mais!

Bíblia 365! Leitura em um ano da Palavra de Deus

Editora Mundo Cristão lança "Bíblia 365", diagramada especialmente para a leitura em um ano Acaba de chegar ao Brasil a Bíblia 365, lançamento da Editora...

Leonardo Gonçalves e seu “Sentido”

Projeto reúne canções que marcaram os primeiros 20 anos da vida do artista e ainda homenageia músicos que o ajudaram em sua formação e carreira musical

“Força pra encarar”, em prol da consciência negra

Os cantores Leidy Murilho, Talita Barreto e Asaph, da Sony Music se uniram pra cantar uma canção em prol da consciência negra