Trump assina ato em prol de vítimas do Estado Islâmico

Foto: Reprodução

A partir dessa lei, os Estados Unidos se comprometeram a aumentar a assistência financeira às comunidades que foram vítimas de crimes cometidos pelo EI.

O presidente Donald Trump assinou uma lei que vai ajudar às vítimas do Estado Islâmico (EI) na Síria e no Iraque. O projeto intitulado de “Ato de 2018 de alívio e prestação de contas sobre o genocídio no Iraque e Síria” também vai responsabilizar os militantes por atos criminosos.

Trump assinou a lei em dezembro. Na ocasião ele declarou: “Em anos recentes, o EI cometeu atrocidades horríveis contra minorias étnicas e religiosas na Síria e no Iraque, inclusive cristãos”.

A partir dessa lei, os Estados Unidos se comprometeram a aumentar a assistência financeira às comunidades que foram vítimas de crimes cometidos pelo EI. Além disso, o Departamento de Estado e outras agências do governo terá autorização para investiver e processar os atos do EI.

“Com essa lei, reconhecemos a mensagem de que os responsáveis por esses crimes não escaparão da justiça”, disse a vice-presidente da Comissão de Liberdade Religiosa Internacional da ONU (USCIRF), Kristina Arriaga.

*Com informações de Portas Abertas


Leia mais

Estados Islâmico: o que está por trás deste conflito?
Estado Islâmico reitera ameaça de morte a cristãos
Egípcios enfrentam estado islâmico e afirmam: “Não negaremos nossa fé”