20 C
Vitória
sexta-feira, 23 abril 2021

Mercado gospel gera R$ 21,5 bilhões por ano

Segundo o IBGE, nos próximos anos serão 55 milhões de evangélicos no país. Segmento tem se tornado uma oportunidade para grandes e pequenos investidores.

“Estimamos que os evangélicos movimentem cerca de R$ 21,5 bilhões por ano. É um público com bom poder de consumo, pois vive uma vida mais regrada e não gasta com bebida, cigarro ou balada”, disse Marcelo Rebello ao Terra, presidente da Abrepe (Associação Brasileira de Empresas e Profissionais Evangélicos)

O crescimento do número de evangélicos no país está impactando mercado financeiro. Segundo Marcelo, cerca de 2 milhões de empregos serão gerados por esse segmento no país.

Internet

A costureira Zilda, ou “Senhorita Z”, como é conhecida nas redes, é um exemplo desse mercado. E reflete a necessidade de um público cada vez mais voltado para sua cultura e valores. Residente em Ponte dos Carvalhos, no Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco, ela fabrica cerca de 300 peças de roupas por mês. E atende clientes de várias partes do Brasil e até do exterior.

“Já me procuraram do México, da Colômbia e de vários Estados brasileiros, quem tem um Deus grande precisa sonhar grande. Ninguém explica o que ele faz”, disse ela ao Jornal do Comércio.m Zilda já tem mais de 55 mil seguidores do Instagram. E tem a meta de criar uma coleção exclusiva. A intenção é criar uma loja virtual para venda em atacado e alcançar 100 mil seguidores.

Outra grande representante do mercado gospel é a livraria Luz e Vida. É uma rede de livros paranaense que encontrou seu maior sucesso no Estado de Pernambuco. Já são oito lojas implantadas.

“Hoje as livrarias precisam oferecer mais do que produtos aos clientes, por isso nossa proposta é oferecer uma experiência. O projeto das novas lojas conta com auditórios para realizar palestras e projetos culturais junto à comunidade”, disse o gerente nacional da empresa, pastor Glevison Soares.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se