23.3 C
Vitória
segunda-feira, 14 junho 2021

Cuidado com o culto ao patriotismo no lugar de Deus

Quem faz o alerta é o pastor John Pipe, que diz que o patriotismo é algo que deve ser respeitado, mas não deve ser colocado acima da lealdade à Palavra de Deus

O patriotismo é algo que deve ser respeitado, mas não deve ser colocado acima da lealdade à Palavra de Deus. Esse foi o alerta dado pelo pastor John Piper em mais um episódio do podcast “Ask Pastor John” (Pergunte ao Pastor John).

A preocupação não é por acaso. Em alguns lugares a cultura americana de fidelidade à bandeira chega a ser comemorada em cultos, como no dia 4 de julho, por exemplo, onde é celebrado o Dia da Independência dos Estados Unidos.

Durante as celebrações desse dia patriótico, o pastor John Piper alertou sobre a questão de não se colocar a lealdade à pátria acima da lealdade a Cristo. Ele disse que é normal nos apegamos às pessoas e ao local, mas que tudo deve ser moderado. A lealdade absoluta deve ser dada a Cristo.

“Nunca se sinta mais apegado à sua pátria, à sua tribo, à sua família ou à sua etnia do que ao povo de Cristo. Por sermos corpo de Cristo, estamos todos ligados aos nossos irmãos, independente se são da mesma pátria. Todos que estão em Cristo, estão mais próximos e unidos a outros que estão em Cristo. Não importa seus outros vínculos, do que ao nosso conterrâneo, ou membro de partido, irmão, irmã ou cônjuge”, alertou.

Buscai o Reino de Deus

O alerta de John Piper encontra respaldo em uma passagem muito conhecida da Bíblia, onde Cristo ressalta a necessidade do Reino de Deus, e não os interesses do mundo, estar no primeiro lugar em nossa lista de prioridades. “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”, diz Mateus 6:33.

*Com informações de Christian Post

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se