Mais de 200 mortos em naufrágio na Tanzânia

Foto: Stringer/AFP/Getty Images

A embarcação naufragou na quinta-feira (20) no lago Vitória, a cerca de 50 metros do local onde iria atracar. O navio transportava cerca de 400 passageiros, apesar de a sua capacidade máxima ser para 100 pessoas.

O governo da Tanzânia confirmou, nesta segunda-feira (24), pelo menos 224 mortos com o naufrágio do navio de passageiros MV Nyerere no lago Vitória, no sudoeste do país. Em comunicado, o gabinete do presidente John Magufuli referiu que a nação do leste da África vai nomear um comitê para investigar o acidente junto das agências de segurança.

Magufuli já enviou condolências às famílias das vítimas mortais e desejou uma rápida recuperação aos passageiros que foram, entretanto, hospitalizados.

O navio pertence à Agência de Serviços Eletrônicos e Eletromecânicos da Tanzânia e naufragou enquanto fazia a ligação entre a península de Ukerewe e a ilha de Ukora, na zona sul do lago Vitória, o maior do continente africano.

No lago, que é um importante ponto de atração turística rodeado pelos territórios da Tanzânia e Quénia, já foram registrados vários naufrágios todos os anos devido a fortes tempestades.

Segundo a Cruz Vermelha, em 1996, mais de 800 pessoas morreram no naufrágio do ferryboat “Bukoba” no Lago Vitória, ao largo de Mwanza.

Resgate

Mergulhadores resgataram, no último sábado (22), um sobrevivente que estava nos destroços da balsa, após passar quase dois dias em um compartimento ainda cheio de ar. A vítima foi levada imediatamente para um centro médico. As operações de busca terminaram no sábado, segundo o comandante do Exército tanzaniano, general Venance Mabeyo.

Capitão preso

O presidente tanzaniano, John Magufuli, que falou em “negligência”, ordenou na sexta-feira à noite a prisão de pessoas envolvidas na gestão da balsa. “Os responsáveis serão severamente punidos”, disse. O capitão da balsa já está sob custódia.

*Com informações de Lusa.

Leia mais

Fome aumenta no mundo pelo terceiro ano consecutivo
Tufão Mangkhut – número de mortos chega a 74 nas Filipinas

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!