Indonésia – Ataque em Igrejas deixa 13 mortos

Foto: Reprodução Web

Foram três ataques num intervalo de 10 minutos 

Pelo menos 13 pessoas morreram e outras 41 ficaram feridas em três atentados com explosivos contra igrejas cristãs e católica ocorridos neste domingo (13) na cidade portuária de Surabaia, a segunda maior e mais importante da Indonésia.

Segundo o porta voz da polícia, Frans Barung Mangera, as bombas explodiram durante a missa de domingo com pouco tempo de diferença e que os alvos foram uma igreja cristã, a de Santa Maria, uma protestante e uma pentecostal. A explosão foi por volta das 7h30 (21h30, horário de Brasília). Os três incidentes ocorreram num intervalo de dez minutos.

A Indonésia abriga a maior população muçulmana do mundo. As minorias religiosas, especialmente cristãos, tem sido tem sido alvo de ataques. De acordo com a polícia, os ataques foram reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI).

O presidente da Indonésia, Joko Widodo foi até o local dos atentados. E classificou os ataques como “bárbaros”.

Autoria

O responsável pelos atentados suicidas às igrejas foi uma família de seis pessoas, incluindo duas meninas pequenas. Segundo informações do chefe da Polícia Nacional, Tito Karnavian, a família que praticou o ataque estava ligada ao movimento Yamaah Ansharut Daulah.  É um grupo pró-EI que atrai centenas de simpatizantes na Indonésia.

“O marido dirigiu o carro, que continha explosivos, e bateu no portão em frente à primeira igreja. A esposa e as duas filhas participaram do ataque à segunda igreja. Na terceira ofensiva, duas outras crianças andavam de moto, com bombas no colo”, afirmou o porta-voz da polícia, Frans Mangera.

Com informações da Folha de São Paulo e Reuters


Leia mais

Novos ataques conclamam a Igreja a lutar contra preconceito
Ataque em Igreja no Texas deixa 26 mortos e vários feridos
Mais um ataque a Igreja – 9 pessoas mortas no Egito

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!