26.6 C
Vitória
terça-feira, 30 novembro 2021

Sóstenes Cavalcante pode sair do DEM por diversidade do partido

Após criação do comitê “Democratas Diversidade” no DEM, partido a qual é filiado, o deputado anunciou a possibilidade de desfiliação: “fere os princípios de nosso mandato”, declarou

Priscilla Cerqueira 

O deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) comunicou, em uma lista de transmissão por WhatsApp que deve procurar um novo partido na próxima janela de trocas partidárias, em março do ano que vem. O motivo, segundo o parlamentar é um distanciamento de “perfil ideológico” do atual partido.

“Me filiei no Democratas no período do pedido de impeachment da Dilma, porque o DEM era oposição ao PT. Com os rumos que nosso partido está tomando, meu mandato vai se distanciando do perfil ideológico do partido”, disse.

Recentemente, o presidente nacional do DEM, ACM Neto, anunciou a criação do comitê Democratas Diversidade”. Ele alega que o comitê é uma forma de “combater o preconceito”. E que o partido não tolera discriminação de qualquer pessoa por “orientação sexual, religiosa, cor de pele ou qualquer outro”.

O deputado, que é pastor evangélico e integra a Frente Parlamentar Evangélica, é contrário ao comitê. “Isso é uma pauta de partido de esquerda, nunca de direita, que é o que defendo. Além do mais, fere os princípios de nosso mandato, totalmente divorciado com os meus conceitos ideológicos. Não ficarei em um partido que tenha isso como pauta”, declarou em entrevista à Comunhão.

Diálogo

O deputado deu entrada com um documento pedindo a mulidade do ato e da convocação da executiva do partido para discutir o assunto. Os membros também serão comunicados para um diálogo sobre a criação deste comitê.

“Se ninguém me ouvir, de posse dos documentos, vou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedir pela minha expulsão do partido, pois o partido nunca teve isso como bandeira. Eu espero que o presidente do DEM abra caminho para o diálogo, pois foi uma decisão monocrática. Ninguém foi consultado”, explicou à Comunhão.

Em um acordo costurado com outros parlamentares, Sóstenes vai assumir a liderança da bancada no início de 2022, substituindo seu atual líder, Cezinha de Madureira (PSD-SP), ligado à igreja Assembleia de Deus Ministério de Madureira.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se