21.8 C
Vitória
domingo, 25 outubro 2020

‘Mistura de ceticismo com desconhecimento’ afeta soluções ambientais, diz Barroso

Leia também

Pesquisa! Desigualdade nas refeições básicas

O Sudão do Sul está mais uma vez no topo da lista, com ingredientes básicos custando 186% da renda diária de uma pessoa

Covid-19: Anticorpos duram sete meses no organismo

Estudo com 6 mil pessoas mostrou que os infectados pela covid-19 geram uma reação imunológica adequada. Saiba mais!

Investimento Direto no País soma US$ 1,597 bi em setembro, diz BC

No acumulado dos 12 meses até setembro deste ano, o saldo de investimento estrangeiro ficou em US$ 50,026 bilhões

Ministro chegou a indicar que, em razão da semelhança dos assuntos, as ações poderão até ser levadas a julgamento juntas

Por Pepita Ortega (AE)

Ao abrir a audiência pública sobre o Fundo do Clima na manhã desta segunda, 21, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, afirmou que dois fatores afetam as soluções ‘necessárias e urgentes’ para os problemas ambientais, especialmente os que estão associados à mudança climática: ‘uma mistura de ceticismo com desconhecimento’ e o ‘egoísmo’. Relator de uma ação na qual partidos políticos alegam suposta omissão do governo Bolsonaro quanto às políticas de preservação do meio ambiente, Barroso avalia que os temas discutidos na audiência envolvem uma questão de Justiça intergeracional – “o dever com os nossos filhos e netos de não entregarmos a eles um planeta arruinado”, frisou.

“Há na minha visão dois problemas que afetam as soluções que considero necessárias para os problemas ambientais, especialmente os que estão associados à mudança climática. Em primeiro lugar, uma mistura de ceticismo com desconhecimento, apesar de a grande maioria dos cientistas afirmar que este é um grande problema e que ele vem se agravando. A segunda posição que dificulta um pouco o enfrentamento dessa matéria é que o impacto ambiental que se produz hoje só vai produzir efeitos reais e negativo sobre a vida das pessoas daqui a 25 ou 50 anos, portanto daqui a uma ou duas gerações, o que leva a um certo egoísmo, inato na condição humana, em adiar soluções que na verdade são urgentes”, declarou o ministro.

Barroso disse ainda que considera a mudança climática e o aquecimento global ‘questões definidoras do nosso tempo’. O ministro agendou as audiências sobre o Fundo Clima ainda em junho, no âmbito de ação na qual partidos de oposição – PSB, PSOL, Rede e PT – alegam ‘atos comissivos e omissivos da União que comprometeriam o adequado funcionamento do Fundo Nacional sobre Mudança do Clima (Fundo Clima), bem como o direito de todos os brasileiros a um meio ambiente saudável’.

Na ocasião, Barroso ponderou que, se confirmado, o quadro narrado pelos partidos ‘revela a existência de um estado de coisas inconstitucional em matéria ambiental, a exigir providências de natureza estrutural’. “Vale reiterar: a proteção ambiental não constitui uma opção política, mas um dever constitucional”, escreveu o ministro em sua decisão.

A primeira leva de exposições nesta manhã contou com a participação de diversas autoridades, entre elas o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o ministro Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), e o ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente). A audiência ainda contou com a presença dos ministro Edson Fachin e a ministra Rosa Weber.

Rosa inclusive é relatora de uma outra ação que tramita na corte na qual partidos políticos alegam a não implementação das obrigações de proteção da área da Amazônia Legal e a não destinação de recursos relacionados ao Fundo da Amazônia para o cumprimento das políticas públicas de preservação do bioma. Ela também convocou audiência pública sobre o tema, em separado.

Nesta manhã, Barroso chegou a indicar que, em razão da semelhança dos assuntos, as ações poderão até ser levadas a julgamento juntas, mas tal possibilidade ainda será debatida pelos ministros.

As audiências para discutir ‘a situação do quadro ambiental no Brasil’ continuam na tarde desta segunda e também nesta terça, 22. Ainda para hoje estão previstos pronunciamentos de entidades como o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente Greenpeace, a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil e a Human Rights Watch, além da participação de pesquisadores. A lista completa dos expositores está disponível em despacho do ministro Luís Roberto Barroso.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Kassio Marques é nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal

O primeiro ministro do Supremo indicado pelo presidente Bolsonaro disse que a Operação Lava Jato precisa de "correções"

‘Reconheço mérito, mas correções podem ser feitas’, diz Marques

O desembargador evitou se posicionar se é favorável ou não a uma revisão na prisão após condenação em segunda instância

Tebet sobre indicações ao STF: ‘problema está muitas vezes no nome apresentado’

Segundo a presidente da CCJ, "não tem uma fórmula perfeita, mas esta PEC é um pouco melhor do que aí está, sem dúvida nenhuma"

Gilmar: levar ações penais para o plenário é bom, mas acho que não dará certo

As ações penais passarão a ser levadas para análise do plenário, formado pelos onze integrantes do tribunal

Conamp: ‘deve-se ter um olhar sobre o impacto da decisão antes dela ser tomada’

Além disso, na avaliação da associação, a discussão do caso 'reforça a bandeira da prisão em segunda instância'

Senador Eduardo Braga minimiza inconsistências no currículo de Kassio Marques

O senador afirmou que explicações dadas por Marques aos senadores afastaram qualquer questionamento sobre a boa-fé do indicado e as informações curriculares

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Semana dos manuscritos do Mar Morto; Saiba mais!

Arqueólogos e especialistas vão apresentar um dos mais impactantes achados da humanidade, na semana dos manuscritos do Mar Morto. Evento, que começa nesta segunda,19, é gratuito!

Live Solidária “Um Com Eles” em Libras

A live solidária, realizada pela Portas Abertas, será transmitida pelo Facebook, e estará acessível a todos que entendem a língua brasileira de sinais. Saiba mais!

Desafio Superação em corrida virtual; É neste domingo, 18

Em alusão ao Outubro Rosa, o Desafio Superação vai mobilizar mulheres cristãs de todo o Brasil em prol da saúde. Saiba mais!

Vovô Raul Gil recebe artistas gospel em live; Saiba mais

A live gospel do Vovô Raul Gil será no dia 21 de outubro e vai reunir personalidades e artistas evangélicos. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Respostas simples para questões complexas sobre a fé cristã

"Cristianismo bem explicado" é o quarto livro da série da Mundo Cristão, dedicada a esclarecer pontos difíceis sobre convívio social, Bíblia e teologia.

Kemuel fará reality; Novidade será anunciada em live

Isadora Pompeo, Rebeca Carvalho, Sarah Beatriz, Neil Barreto, Felipe Vilela e Pyero Tavolazzi são alguns dos convidados da live com Kemuell neste domingo, 25

Discos de platina e platina triplo para Davi Sacer

om milhões de plays, o cantor e compositor recebe premiações durante a gravação do seu novo projeto no Rio de Janeiro (RJ)

“40 Dias – Milagre Da Vida”: impacto e esperança

Pastores e líderes de diversos lugares do país, mobilizaram pessoas de suas igrejas, amigos e familiares para conferirem no cinema a história impactante de Abby Johnson