É possível se converter e continuar com desejos homoafetivos?

Pergunta anônima

Com certeza o ser humano quando se converte, pode continuar sentindo todos os desejos humanos da carne, porém o que o convertido deve buscar em Deus é aniquilar tudo aquilo que o desanima a ser um cristão genuíno aonde é necessário ter equilíbrio espiritual, físico e psicológico.

Para isso, a conversão nos proporciona uma metanoia, profunda mudança de mentalidade. “Tudo me é permitido”, mas nem tudo convém. “Tudo me é permitido”, mas eu não deixarei que nada domine (1 Co. 6 :12).

“Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um mesmo corpo. Quando vocês ficarem irados, não pequem. Apaziguem a sua ira antes que o sol se ponha e não deem lugar ao Diabo. O que furtava não furte mais; antes trabalhe, fazendo algo de útil com as mãos, para que tenha o que repartir com quem estiver em necessidade. Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo.”

Quem estiver vivendo aquém destes ensinamentos bíblicos descritos em Efésios 4:25 ao 32, no mundo espiritual não está escrito na vida da pessoa: sob nova direção!