26.2 C
Vitória
sexta-feira, 25 setembro 2020

Dívidas igrejas e templos! Bolsonaro veta perdão

Leia também

São Paulo registra 964.921 casos confirmados de covid-19 e 34 877 óbitos

Nessa semana tivemos ainda índices que mostraram quedas expressivas tanto no número de óbitos, quanto de internações", afirmou o secretário estadual de Saúde

Doria deseja plena recuperação a Bolsonaro que passou por cirurgia

"Que ele se recupere clinicamente e possa estar em breve de volta às suas atividades", completou governador

Ministério da Saúde planeja ‘Dia D’ contra covid-19 com cloroquina

Uma camisa com o slogan do "Dia D", ainda não anunciado, deve ser feita pelos organizadores, além de máscaras personalizadas

Presidente Jair Bolsonaro vetou perdão de dívidas bilionárias de igrejas e templos. Texto do projeto de lei foi aprovado com vetos e foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda, 14. Saiba mais!

O presidente Jair Bolsonaro decidiu vetar uma parte do perdão das dívidas tributárias de igrejas e templos religiosos previsto em um projeto de lei aprovado pelo Congresso no mês passado.

Em uma publicação nas redes sociais na noite de neste domingo (13/9), Bolsonaro explicou que a medida era necessária para evitar que respondesse a um processo de impeachment por crime de responsabilidade fiscal.

Apesar disso, por ser a favor da não tributação de templos e contra “as absurdas multas às igrejas”, o presidente sugeriu que deputados e senadores derrubem o veto. Segundo Bolsonaro, isso permitiria a sanção do projeto original sem nenhum tipo de implicação para ele.

Pela proposta do Congresso, as igrejas ficariam isentas do pagamento da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), seriam anistiadas das multas recebidas por não pagar a taxação e ainda seriam perdoadas pelo não pagamento da contribuição previdenciária. Na noite de ontem, o governo informou que vai sancionar apenas a anistia das multas pelo não pagamento da contribuição previdenciária.

Em nota enviada à imprensa pela Secretaria-Geral da Presidência, o governo explicou que esse dispositivo “confirma e reforça” uma previsão legal que já existe desde 2015 quanto aos pagamentos realizados pelas entidades religiosas aos seus membros.

“Entendo que o presidente agiu de forma correta, pois não está anistiando as igrejas. A constituição diz que as igrejas são imunes. A receita está tentando tributar aquilo que a constituição diz que não pode ser tributado, que é a imunidade que as igrejas tem”, disse o pastor Evaldo Santos, presidente Fórum Político do Espírito Santo.

“O que renunciar, uma vez que as igrejas estão imunes de tributação? Vejo que a temática vem a baile, por meio dessa lei, para evocar o que preceitua a nossa constituição”, completou o pastor Álvaro, presidente do Conselho Estadual das Igrejas Evangélicas do Espírito Santo (CEIGEVES).

Crítica

Ontem, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) criticou o projeto de lei aprovado pelo Congresso. Em um comunicado, a principal entidade representativa da Igreja Católica disse não ter participado da elaboração, articulação ou discussão do projeto e citou ainda “interesses particulares”.

“Um tema tão complexo como o tratamento tributário dado às organizações religiosas não pode ser discutido de modo incidental e praticamente silencioso, sob o risco de surgirem interesses particulares que maculem a própria discussão”, diz trecho do comunicado, que é assinado por Walmor Oliveira de Azevedo, Arcebispo e presidente da instituição, entre outros.

*Com informações de Agência Brasil

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Doria deseja plena recuperação a Bolsonaro que passou por cirurgia

"Que ele se recupere clinicamente e possa estar em breve de volta às suas atividades", completou governador

Uma história real: “Já não sou eu quem vive”

"Já não sou eu quem vive", é uma história baseada no diário de uma jovem cristã, em meio à pandemia, em Manaus (AM). Saibamais!

Poste cai em cima de um carro e homem sai ileso: “livramento de Deus”

Jorgino da Silva, 59 anos, poderia ter ficado gravemente ferido no acidente, mas reconhece que Deus o livrou! Saiba mais!

Itália: dos cultos online aos batismos presenciais

Missionários brasileiros, da Junta de Missões Mundiais realizaram diversos batismos de italianos que foram evangelizados nesse período de pandemia.

Júlia Vitória em mais um clássico da música cristã

Depois dos sucessos "Além do rio azul" e "Ele vem/Cidade Santa", Júlia Vitória apresenta um medley com um consagrado hino do Cantor Cristão "Meu deixe aqui/ Tudo entregarei"

Fred Arrais: “quero deixar a minha marca”

Com história na música cristã através do movimento worship, Fred Arrais inicia um novo momento na sua carreira com a Sony, com um objetivo: "vou cantar minha vida, minha história", diz

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Live Elementos Essenciais do Discipulado

Como os Estudos da Bíblia de Discipulado podem ser usados em microgrupos de discipulado entre pessoas recentes na fé. Saiba mais!

Live solidária: artistas em favor da Igreja Perseguida

Denominado de "Seja um com eles", a live solidária é um grito de ajuda a igreja perseguida. Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Eyshila, André Aquino são alguns dos convidados. Saiba mais!

Arte da Graça em casa; Conscientização do setembro amarelo

Em formato online, o evento une shows e workshops incentivando a tolerância, paz e música. Saiba mais!

Aquecimento Sepal 2020, com Edméia Williams e Rodrigo Gomes

Transmissão acontecerá nesta segunda-feira, 14 de setembro, às 19 horas. Saiba como participar!
- Publicidade -

Plugue-se

Priscilla Alcântara dá voz a trilha sonora de “A caminho da Lua”

"Vou voar", canção-tema da animação "A Caminho da Lua" está disponível em todas as plataformas na voz de Priscilla Alcântara. Filme estreia na Netflix...

Uma história real: “Já não sou eu quem vive”

"Já não sou eu quem vive", é uma história baseada no diário de uma jovem cristã, em meio à pandemia, em Manaus (AM). Saibamais!

Fred Arrais: “quero deixar a minha marca”

Com história na música cristã através do movimento worship, Fred Arrais inicia um novo momento na sua carreira com a Sony, com um objetivo: "vou cantar minha vida, minha história", diz

“Jesus” se torna a novela mais vista na Argentina

Exibida no horário nobre, a trama, escrita por Paula Richard, venceu, com 12,5 pontos de média: a novela teen 'Floricienta'. Saiba mais!