22 C
Vitória
terça-feira, 24 novembro 2020

PISA 2018: Brasil fica entre os piores do mundo

Leia também

Aras vai ao STF contra licença para mãe adotiva e biológica

As adotantes terão 120 dias de licença, prorrogáveis por mais 45 dias, se a criança tiver até um ano de idade

Pazuello desvia de perguntas sobre testes que irão vencer

O RT-PCR é um dos exames mais eficazes para diagnosticar a covid-19, além de ser importante ferramenta de controle da pandemia

Alívio nos preços do arroz no início de 2021, diz Ipea

O governo federal liberou a importação de 400 mil toneladas de fora do Mercosul com isenção da Tarifa Externa Comum (TEC)

Relatório colocou o Brasil em 57º lugar no ranking da educação. Avaliação mostrou países que entram e saem do grupos de melhores e de piores no PISA 2018.

Parece que a educação no Brasil não vai bem das pernas. O país aparece entre as 20 piores colocações no ranking das três áreas analisadas pelo Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes). É a principal avaliação da educação básica no mundo.

Os resultados, divulgados na última terça (03) pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), mostram o desempenho dos alunos de 15 anos de 79 países e territórios em matemática, ciências e leitura.

Apesar de estar entre os piores colocados, o Brasil ainda fica à frente de países latinos como a Argentina, a Colômbia e o Panamá em uma ou mais disciplinas avaliadas. Outros países da região, como Uruguai, Chile e México, apresentam resultados superiores aos do Brasil em todas elas.

As regiões chinesas de Pequim, Xangai, Jiangsu e Guangdong, que foram avaliadas como uma só, lideram o ranking em todas as áreas. Outro destaque é o país de Singapura, que ocupa a segunda posição também nas três disciplinas. Já a República Dominicana e Filipinas se revezam nos piores resultados entre todos os países.

Desempenho

Segundo a avaliação, meninas têm melhor desempenho que meninos em leitura. Elas obtiveram 30 pontos a mais na prova. O que equivale a quase um ano de estudos de diferença em relação aos meninos.

O relatório também apontou que as meninas tiveram, entre os países da OCDE, um desempenho levemente superior em ciências. Foram dois pontos a mais que os meninos. Porém, eles superaram as meninas em cinco pontos em matemática entre os países da OCDE.

De acordo com os dados coletados pelo Pisa, no Brasil, há diferenças entre os dois grupos na hora de escolher a profissão que vão seguir. Entre os meninos com as melhores performances em matemática ou ciências, cerca de um a cada três espera, aos 30 anos, estar trabalhando com engenharia ou como cientista. Entre as meninas, apenas um a cada cinco esperam o mesmo.

Entre as meninas com as melhores performances, cerca de duas a cada cinco esperam trabalhar em profissões ligadas à saúde. Entre os meninos, um a cada quatro esperam seguir as mesmas carreiras. Apenas 4% dos meninos e quase nenhuma menina pretende trabalhar com profissões ligadas a tecnologia da informação e comunicação.

Sobre o PISA

O Pisa é aplicado a cada três anos e avalia estudantes de 15 anos quanto aos conhecimentos em leitura, matemática e ciências. Os países também podem optar por participar das avaliações de competência financeira e resolução colaborativa de problemas.

Assim, em 2018, o Pisa foi aplicado em 79 países e regiões a 600 mil estudantes. No Brasil, cerca de 10,7 mil estudantes de 638 escolas fizeram as provas.

*Da redação, Com informações das agências


leia mais

Brasileiros estão insatisfeitos com a educação, diz pesquisa

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Fé e clamor a Deus na tempestade em Honduras

Em Honduras, uma foto de policiais e evangélicos ajoelhados em clamor à Deus após furacão devastar o país viralisou na internet. Saiba mais!

Terceira idade! Época de colheitas

IBGE aponta que até 2060 haverá no Brasil 73 milhões de idosos. significando um aumento de 160% em apenas quatro décadas. Saiba mais!

Diego Karter “Até o Fim”

Diego Karter inicia nova fase na carreira com o lançamento do single e do clipe “Até o Fim”

Covid-19: Brasil tem maior alta de mortes desde maio

Com o aumento de casos de covid-19 Brasil, pastores brasileiros alertam seus membros para os cuidados redobrados de saúde. Saiba mais!

Deive Leonardo grava última série do ano: Confira!

Gravação será no dia 12 de dezembro, em São José do Rio Preto (SP). Saiba mais!

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 

Conferência pastoral Fidelidade Extrema

Realizado pela Associação Evangelística Billy Graham, a Conferência começou hoje, 13 e vai até amanhã. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Deive Leonardo grava última série do ano: Confira!

Gravação será no dia 12 de dezembro, em São José do Rio Preto (SP). Saiba mais!

Atriz é demitida por se posicionar contra a homossexualidade

Após usar sua página no facebook para escrever seu posicionamento contra a homossexualidade, a atriz cristã foi demitida de uma peça de teatro que participaria como atriz principal. Saiba mais!

Bíblia 365! Leitura em um ano da Palavra de Deus

Editora Mundo Cristão lança "Bíblia 365", diagramada especialmente para a leitura em um ano Acaba de chegar ao Brasil a Bíblia 365, lançamento da Editora...

Leonardo Gonçalves e seu “Sentido”

Projeto reúne canções que marcaram os primeiros 20 anos da vida do artista e ainda homenageia músicos que o ajudaram em sua formação e carreira musical