19.2 C
Vitória
terça-feira, 27 julho 2021

Assembleia de Deus celebra mais de um século no Brasil

A denominação completa 110 anos de história com cultos de gratidão a Deus, de norte a sul do País

Por Patricia Scott 

A Assembleia de Deus completa mais de um século de história no Brasil. São 110 anos de fundação e, para celebrar, a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) organizou a Semana de Gratidão a Deus, de 14 a 18 de junho. Houve comemoração nas cidades de São Paulo, Natal, Cuiabá, Curitiba e Belém com transmissão, ao vivo, pelo YouTube e também pelas redes sociais da denominação. A AD é maior denominação evangélica do País com 30 milhões de fiéis e com mais de 380 mil templos.

O Pr. José Wellington Bezerra da Costa Jr., presidente da CGAD, agradeceu a presença de todos nos cultos, mas lamentou a ausência do Pr. José Wellington Bezerra da Costa nas celebrações, devido à recente alta hospitalar, após 28 dias de internação, para tratar de complicações da Covid-19. Em sua palavra, Pr. Wellington Jr destacou que Jesus salva, cura, batiza no Espírito Santo e, em breve, voltará.

“Foi essa mensagem, que parece simples que os nossos pioneiros, Daniel Berger e Gunnar Vingren, trouxeram para o Brasil. Eles deixaram família e o frio do seu país. Vieram para Belém, no Pará, trazendo a chama do Espírito Santo, alcançando milhões de brasileiros”, enfatizou o Pr. Wellington Jr.

Ele agradeceu a Deus pelos 110 anos de pentecostalismo no País, destacando que de norte a sul do Brasil o Evangelho Pentecostal está sendo anunciado. “Cabe a nós, que o recebemos, enquanto Jesus não voltar, passarmos essa tocha para as futuras gerações”.

O início da AD

Os suecos Daniel Berger e Gunnar Vingren chegaram ao Brasil, em Belém do Pará, em 19 de novembro de 1910. Ninguém imaginava que aqueles dois jovens suecos iniciariam um movimento que alteraria profundamente o perfil religioso e até social do Brasil por meio da pregação de Jesus Cristo. As igrejas existentes na época – Batista de Belém do Pará, Presbiteriana, Anglicana e Metodista – ficaram bastante incomodadas com a nova doutrina dos missionários.

A irmã Celina de Albuquerque, na madrugada do dia 18 de junho de 1911, foi a primeira crente a receber o batismo no Espírito Santo , o que não demorou a ocorrer também com outros irmãos. O clima ficou tenso naquela comunidade. Resultado: eles e mais dezenove irmãos acabaram sendo desligados da Igreja Batista. Convictos, fundaram a Missão de Fé Apostólica, em 18 de junho de 1911, que, mais tarde, em 1918, ficou conhecida como Assembleia de Deus.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se