23.6 C
Vitória
quinta-feira, 22 outubro 2020

Muçulmanos querem que FIFA proíba “comemoração cristã” no futebol

Leia também

Tereza Cristina diz ver potencial para crescimento no comércio com países árabes

Em meio à crise decorrente da covid-19, o Brasil demonstrou capacidade de cumprir com seus compromissos internacionais

‘Reconheço mérito, mas correções podem ser feitas’, diz Marques

O desembargador evitou se posicionar se é favorável ou não a uma revisão na prisão após condenação em segunda instância

Ministro da Saúde testa positivo para covid-19

Pazuello já havia tido febre e passado mal no início da semana, deixando, inclusive de participar de cerimônias públicas

Clérigo da Arábia Saudita exige que Federação crie lei coibindo  prática.

O clérigo Islâmico Muhammad Alarefe, líder influente na Arábia Saudita, está pedindo que a FIFA crie uma lei proibindo jogadores de fazer uma “comemoração cristã” após o gol . Ele não ataca diretamente o cristianismo, mas em seu pedido alega que os atletas não deveriam fazer o sinal da cruz.

Professor de religião na Universidade do Rei Saud, na capital Riad , Alarefe usou as redes sociais, onde tem mais de 17 milhões de seguidores, para iniciar uma campanha. Ele escreveu: “Eu vi vídeo de atletas, jogadores de futebol correndo, chutando e quando marcam fazem o símbolo da cruz no peito! Minha pergunta é: por que as regras da FIFA não proíbem isso?”.

Rapidamente a mensagem começou a ser compartilhada, gerando um “buzz” na mídia social em língua árabe. Na maioria dos casos foi apoiada. Conforme escreveu um usuário do Twitter: “Respeitado sheik, infelizmente as regras deles só são aplicadas aos muçulmanos, e ninguém protesta sobre isso, pelo contrário, ficam mudos como um túmulo”.

O sultão Alhusni foi um dos que destoaram, mencionando um jogador egípcio que joga no Roma: “Não posso mentir. Mohamed Salah e outros se ajoelham para rezar quando marcam um gol e ninguém os castiga. Deixe o esporte para aqueles que lidam com ele”.

Polêmica antiga

Após a final da Copa do Mundo de 2002, quando os jogadores do Brasil expuseram camisetas com mensagens agradecendo a Deus e exaltando o nome de Jesus, a Federação Internacional de Futebol (FIFA) começou um processo para proibição desse tipo de manifestação.

Primeiramente, a FIFA proibiu qualquer tipo de mensagem religiosa em camisas que os jogadores vestem debaixo das camisetas de seus clubes durante as partidas de futebol. A medida foi tomada “em respeito às outras religiões”, pois, de acordo com o então chefe da FIFA, Andreas Herren, o isso poderia ser interpretado como uma provocação.

A medida passou a ficar mais rígida a partir de 2010, quando a FIFA proibiu os jogadores de futebol que expressassem sua fé durante as partidas da Copa do Mundo.

Um comunicado foi enviado às federações de futebol dos países que disputavam a competição na tentativa de impedir que seus atletas festejem gols e vitórias com mensagens religiosas. Isso também inclui a exibição de faixas com esse tipo de mensagem nem antes nem depois das partidas.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Fernando Miguel e sua relação entre a fé e o esporte

Líder nato e convicto do seu propósito, o atleta tem buscado cada vez mais superar desafios e perseverar nas dificuldades

O difícil não é fácil – difícil é fazer o fácil

Não existe evangelho sem arrependimento, sem negação de si mesmo e muito menos sem cruz

Virou lei no ES: igreja é serviço essencial

Mesmo com autorização para funcionamento, secretaria de saúde do estado do Espírito Santo recomenda evitar cultos presenciais durante a pandemia 

Partida entre Fluminense e Botafogo será transmitida em TV aberta

Partida entre Fluminense e Botafogo será transmitida em TV aberta

Jogador do Inter deixa a carreira no futebol para se tornar pastor

Um dia antes de anunciar oficialmente sua saída do futebol, Nata revelou sua decisão de se tornar pastor em um culto.

Estudo da UFPR indica que jogos com torcida só poderão ser disputados após vacina

Em um cenário, de retomada completa das atividades da sociedade, eles apontam a necessidade de uma vacina ou remédio contra o novo coronavírus para que a torcida possa voltar aos estádios sem preocupações.

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Semana dos manuscritos do Mar Morto; Saiba mais!

Arqueólogos e especialistas vão apresentar um dos mais impactantes achados da humanidade, na semana dos manuscritos do Mar Morto. Evento, que começa nesta segunda,19, é gratuito!

Live Solidária “Um Com Eles” em Libras

A live solidária, realizada pela Portas Abertas, será transmitida pelo Facebook, e estará acessível a todos que entendem a língua brasileira de sinais. Saiba mais!

Desafio Superação em corrida virtual; É neste domingo, 18

Em alusão ao Outubro Rosa, o Desafio Superação vai mobilizar mulheres cristãs de todo o Brasil em prol da saúde. Saiba mais!

Vovô Raul Gil recebe artistas gospel em live; Saiba mais

A live gospel do Vovô Raul Gil será no dia 21 de outubro e vai reunir personalidades e artistas evangélicos. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

“40 Dias – Milagre Da Vida”: impacto e esperança

Pastores e líderes de diversos lugares do país, mobilizaram pessoas de suas igrejas, amigos e familiares para conferirem no cinema a história impactante de Abby Johnson

Rayssa Peres em “Somos mulheres de Deus”

Música é uma homenagem às mulheres. Conheça a canção!

Deive Leonardo de volta as pregações presenciais

Fenômeno da internet, Deive Leonardo grava a primeira série presencial em Itajaí (SC) depois de um bom tempo sem gravar por conta da pandemia.

Episódios do Nossa Música Brasileira; Assista aqui!

Nossa Música Brasileira acontece em formato on-line, com episódios até o final de 2020.. Confira aqui!