Nívea Soares – “A unção não nos torna super-homens”

Foto: Divulgação

“A Palavra de Deus sempre me desafia a mudar o que está errado em mim”

Nívea Soares despontou para o cenário da música cristã em 1998, quando passou a integrar o Ministério Diante do Trono como backing vocal. Recebeu o convite de Ana Paula Valadão para participar do que seria, inicialmente, um CD de louvor da Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte (MG), com renda revertida para missões na Índia.

O ministério próprio foi surgindo conforme começaram a despontar convites para ministrar em outras igrejas. Já em 2003 ela gravou o primeiro CD solo, intitulado “Reina Sobre Mim” e desde então, juntamente com seu esposo, o produtor musical Gustavo Soares, viajam pelo país e também por outras nações, ministrando e pregando o Evangelho.

Natural de Belo Horizonte, Nívea é a filha caçula de uma família de quatro irmãos – três mulheres e um homem. Nascida e criada em lar cristão, ela conta que o batismo foi um marco em sua vida: “A partir daí, muitas coisas começaram a mudar. Deus começou a tratar com minhas motivações e a plantar em meu coração o desejo de servi-Lo. Foi e tem sido uma longa caminhada. Por incrível que possa parecer, seguir Jesus é um desafio muito grande para aqueles que são criados no ambiente da igreja, pois acabam se acostumando e seguindo apenas rituais, em vez de seguir verdadeiramente a Jesus”.

Questionada sobre experiências vividas, desde a infância, relativas ao preconceito racial, Nívea é enfática ao responder: “A primeira vez que lidei diretamente com o preconceito racial foi na escola, quando eu era pequena. Felizmente, a cura de Deus veio ao meu coração. Mesmo depois de casada, vivi um episódio estranho: eu estava em casa e a campainha tocou. Fui atender e a pessoa, que veio entregar uma encomenda, me perguntou ‘se a minha patroa estava em casa’. É estranho constatar que ainda temos que lidar com isso num país onde a maioria é afrodescendente. Mas creio que o maior desafio não é mudar o modo de pensar dos que são racistas, e sim o de lidar com a auto-aceitação no meio da população negra”, afirma Nívea.

Na sua conduta, ela se mostra obediente aos ensinamentos cristãos. “Procuro reconhecer a presença de Deus em todas as ocasiões. Nossa vida não é segmentada. Jesus está presente em todo tempo, através do Espírito Santo. O amor e o serviço ao próximo são valores que procuro observar. É um desafio crucificar a carne a cada dia e viver para o Senhor. Estou aprendendo. O amor, o zelo pela Palavra de Deus e o fluir do Espírito Santo são importantíssimos para que o coração não se esfrie. O ativismo é uma luta que precisamos vencer no dia-a-dia. Somos viciados em ‘fazer’, mas o que precisamos, de fato, é sermos filhos de Deus, ter um relacionamento com Ele a cada momento. Estarmos dentro do véu (na presença de Deus) com toda a nossa vida, e não só com parte dela”, afirma.

Conhecida por suas mensagens de impacto, Nívea Soares revela: “A unção não nos torna super-homens, nos torna mais humanos, mais parecidos com Jesus e dispostos a deixá-lo tocar as pessoas através de nós. As mensagens são fruto de algo que tenho recebido pessoalmente. A Palavra de Deus sempre me desafia a olhar para a santidade do Senhor, mudar o que está errado em mim e servir ao meu próximo. Tenho vivido isso e experimentado um amor muito grande pela Palavra. Creio que a igreja hoje precisa deixar de lado as distrações do mundo, se voltar para os fundamentos da Palavra e verdadeiramente se encher do Espírito Santo”, finaliza.

Ouça

Contato

Ministério Nívea Soares
www.niveasoares.com

Discografia

“Reino de Justiça” – 2016
“Glória e Honra” – 2012
“Emanuel” – 2010
“Nívea Soares Acústico” – 2009 – Lançamento em julho
“Rio” – 2007
“Fan the Fire” – 2006
“Enche-me de Ti” – 2004
“Reina Sobre Mim” – 2003


Leia mais

Nívea Soares – O Senhor É Bom

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!