Kemuel fala sobre o mercado evangélico

Kemuel se apresentando no Jesus Vida Verão, em janeiro, em Vila Velha (ES). Foto: Jackson Gonçalves

Grupo volta ao Espírito Santo pela segunda vez este ano

Ousado na apresentação e uma aposta moderna para a música cristã, o coral Kemuel está no Espírito Santo desde a última sexta-feira (22). Última apresentação do grupo será neste domingo (24), na Primeira Igreja Batista da Praia da Costa, em Vila Velha (ES).

Em entrevista exclusiva para Comunhão, o pastor David Marx, líder do grupo, falou um pouco sobre o avanço do grupo no mercado evangélico. E abordou também sobre o estilo e quebra de padrões na forma de apresentação, que tem alcançado as novas gerações. Confira a entrevista.

Qual expectativa de se apresentar novamente no ES depois de uma brilhante atuação no Jesus Vida Verão em Janeiro, que teve um público gigantesco para assistir o grupo? 

Melhor do que tocar pela primeira vez em um lugar é poder voltar nesse mesmo lugar. Isso significa que deu tudo certo. E o Jesus Vida Verão foi incrível. Nós estamos com o coração aquecidos na certeza de que Jesus vai fazer grandes coisas e é impar poder voltar aqui no Estado do Espírito Santo novamente.

Com um jeito inovador de apresentar a música gospel, com uma certa “quebra de padrões”, o grupo tem conquistado cada vez mais fãs e avançado no mercado evangélico. Você acredita que o Kemuel acertou nesse estilo musical? Por que?

Realmente é uma quebra de tabu visual, é diferente, não é dentro de uma caixa, é fora, e não é pré estabelecido também. Mas não é proposital, é natural de cada um de nós. O grupo é simplesmente assim, então não é uma coisa pré fabricada. Isso é muito forma de Deus, pois nós chegamos em lugares onde algumas pessoas não conseguem chegar. Nós ficamos feliz em poder fazer isso. É a nossa arte compartilhando e o publico jovem nos escuta muito. É o nome de Jesus sendo proclamado e divulgado sempre.

Diante de tanta repercussão e aceitação do publico, a proposta de cantar o amor de Deus é a única motivação para o grupo em suas apresentações?

A nossa maior motivação que faz com que nossa música tenha valor é Jesus. Sem Ele não teria valor algum. Então com certeza é tudo por Ele e tudo sobre Ele. Isso é o que nos motiva a continuar a nossa caminhada como músicos.

Usar a música para pregar o evangelho de forma diferente é o que move o grupo?

O melhor de pregar o Evangelho é poder fazer isso com aquilo que Ele colocou dentro de nós através da arte. Então nós ficamos muito feliz com essa possibilidade de estabelecer isso dentro da nossa geração, de poder fazer o que amamos com a arte que Ele colocou dentro de nós e poder enaltecer o nome de Jesus. A galera fala do nosso estilo. Nós temos feito a obra de Deus e nos apaixonado cada dia mais por Jesus e pelas pessoas.

Kemuel tem 10 anos de estrada, com 4 CDs lançados, o que o público pode esperar do grupo daqui pra frente?

Jesus tem feito coisas incríveis. Temos um projeto muito bom, que é o Kemuel Worship, de São Paulo, onde vidas tem sido salvas. Cada reunião tem tido uma média de 50 a 60 pessoas aceitando Jesus. São muitas coisas esse ano e que nós iremos lançar também. Fiquem só no aguardo por que eu tenho certeza que Jesus vai fazer muitas coisas e o nome d’Ele será glorificado através de nós. Isso é o que nós mais queremos.

Dia: 23 (sábado) às 20h
Dia: 24 (Domingo) às 10h15 e 19h
Local: Primeira Igreja Batista Praia da Costa, Vila Velha (ES)
Endereço: Rua Lúcio Bacelar, 490, Praia da Costa, ao lado do Colégio Doctum

Leia mais

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!