O cristão e o trabalho

Foto: Reprodução

Paulo abriu mão da própria vida e de tudo o que o mundo podia lhe oferecer por amor ao seu ministério. O seu trabalho era evangelizar

Hoje (1º) de maio é celebrado o dia mundial do Trabalho. Para o cristão, a data traz uma reflexão: Você tem trabalhado com alegria, como se estivesse trabalhando para o próprio Deus? Tem dedicado tudo o que pode ao seu traballho?

Na concepção cristã, o trabalho constitui uma dimensão fundamental da existência humana. É uma das características que distinguem o ser humano das demais criaturas. Pelo trabalho, o ser humano dá continuidade à criação iniciada por Deus. Além disso, Jesus Cristo, o Filho de Deus feito homem, passou a maior parte de sua vida na terra, junto de um banco de carpinteiro.

Este fato faz-nos compreender que o valor e a dignidade do trabalho humano não depende do tipo que se realiza, mas de ser executado por uma pessoa. Através do trabalho o homem não somente transforma a natureza, adaptando-a às suas próprias necessidades, mas também se realiza

A Palavra de Deus é clara quando o assunto é trabalho: “As mãos preguiçosas empobrecem o homem, porém as mãos diligentes lhe trazem riqueza” (Provérbios 10:4). É fato que muitas pessoas não gostam de trabalhar. No entanto, o Senhor nos diz que do suor de nossos rostos comeremos o nosso pão (Gênesis 3:19).

O trabalho traz o pão à nossa mesa, alimenta a nossa casa, nos oferece dignidade. Só isso já seria o suficiente para nos provar que o trabalho é um presente de Deus para as nossas vidas. O Senhor, porém, vai além e pode nos oferecer muito mais quando nos dedicamos verdadeiramente ao que fazemos.

Personagens da Bíblia que foram abençoados através do “suor de seus rostos”

1) Jacó conquistou riquezas (Gênesis 31:6-9)

Mesmo trabalhando com o sogro, um homem enganador, Deus, reconheceu o esforço de Jacó em seu trabalho e o honrou. Ele fez com que coisas pouco prováveis (como um rebanho de gado todo nascer salpicado ou listado) se tornassem uma doce rotina em sua vida.

“Essa história demonstra que, por mais que o nosso empregador não seja justo e honesto conosco, nós temos um Deus que observa o nosso trabalho e nos honra, independente da situação”, ensina o pastor Antônio Júnior.

2) Davi se tornou pastor de Israel (1 Samuel 16:11)

Ninguém dava valor ao trabalho de Davi, que era o responsável pelo pastoreio das ovelhas de sua família. Ainda assim, sem nenhum reconhecimento, o jovem fazia o melhor que podia. Deus, então, viu que aquele rapaz poderia “pastorear” o seu povo com a mesma dedicação e o consagrou rei de Israel.

O Senhor sabe de todas as coisas e valoriza o que você faz. No momento certo, Ele vai te levantar para que todos te vejam!

3) Paulo foi o melhor de todos (Atos 20:31)

Não há um homem sequer na Bíblia que tenha feito melhor o seu trabalho do que Paulo. Ninguém foi melhor do que ele naquilo que Deus o mandou fazer: evangelizar. Paulo abriu mão da própria vida e de tudo o que o mundo podia lhe oferecer por amor ao seu ministério. O resultado disso é que ele ainda é considerado o maior cristão de todos os tempos.

Sobre a data

O Dia Mundial do Trabalho, celebrado no dia 1º, foi criado pela Segunda Internacional Socialista ocorrida em Paris no dia 20 de junho de 1889. A intenção foi homenagear os trabalhadores mortos nas lutas em defesa de melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de treze para oito horas diárias.

No Brasil, tudo indica que a data já vem sendo comemorada desde 1895. Sua oficialização, no entanto, ocorreu somente em 1925, através de um decreto do então presidente Artur Bernades.


Leia mais

Cristão de alto rendimento
Como o cristão mantém sua fé no trabalho
Levando a fé para o ambiente de trabalho

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!