back to top
28.8 C
Vitória
segunda-feira, 20 maio 2024

Igrejas socorrem as vítimas da guerra em Gaza

Foto: Reprodução

Mais de 100 cristãos perderam suas casas devido ao conflito iniciado no sábado (7) pelo grupo terrorista Hamas

Por Patricia Scott 

Em uma guerra inesperada, Israel e o Hamas estão em conflito sem precedentes desde o último sábado (7). O grupo terrorista, que governa a Faixa de Gaza, invadiu Israel, matando e sequestrando civis. Nesta quarta-feira (10), o combate segue pelo quinto dia. Ao todo, mais de duas mil  pessoas morreram. Dois brasileiros estão entre os mortos: Bruna Valeanu e Ranani Glazer, ambos de 24 anos.

A complexa situação tem gerado sofrimento e dor para palestinos e israelenses. Inocentes estão no meio de um fogo cruzado, entre tiros e bombas. Há milhares de feridos, sem contar o grande número de deslocados internos. “Por isso, as orações por Israel e Palestina continuam urgentes”, afirma Portas Abertas.

A instituição missionária relata que recebeu a informação de que centenas de pessoas foram abrigadas em duas igrejas, em Gaza. “Aproximadamente 130 cristãos em uma igreja católica, e outros cristãos e muçulmanos em uma igreja ortodoxa”, informa e complementa: “Muitos deles viram os seus apartamentos serem completamente destruídos por causa dos bombardeios”.

- Continua após a publicidade -

Segundo um cristão de Gaza, que prefere permanecer anônimo, a última segunda-feira (9) foi de muita dificuldade. “Estamos seguros, mas nós e as crianças não conseguimos dormir nenhum pouco. Estamos exaustos, física e emocionalmente. Não sabemos o que fazer”.

Com os constantes bombardeios, os cristãos encontraram nas igrejas um local seguro. Parceiros de Portas Abertas enviaram ajuda financeira para a compra de alimentos.

Segundo o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (Ocha), o número de palestinos deslocados pela reação militar israelita ao ataque terrorista já representa quase 10% dos cerca de 2,2 milhões de pessoas que vivem em Gaza. A região é um estreito pedaço de terra de cerca de 41 quilômetros de comprimento por 10 quilômetros de largura, banhada pelo Mar Mediterrâneo. 

Neste momento, as vítimas desse brutal conflito necessitam de consolo diante de tantas perdas. Assim, a igreja enxerga o desafio e, ao mesmo tempo a oportunidade, de ser bênção em meio a tantas dificuldades.

“Precisamos que você continue orando pelos cristãos em Israel e nos Territórios Palestinos e por todos os outros cidadãos de ambos os lados”, pede Portas Abertas.

Pedidos de Oração

  • Ore para que a guerra termine em breve e para que não se agrave nos próximos dias.
  • Interceda pelas autoridades israelenses e palestinas trabalhem juntas para chegar a um acordo de paz e justiça para as duas nações.
  • Agradeça a Deus pelo trabalho das igrejas locais em acolher os refugiados.
  • Peça a Deus que todos os recursos necessários para alimentar e socorrer as vítimas do bombardeio cheguem em breve.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -