“De vento em popa” chega às plataformas digitais

“De vento em Popa”, clássico do grupo Vencedores por Cristo completa 40 anos

O projeto, antes restrito ao vinil e ao CD, chegou aos canais de streaming e suas respectivas plataformas digitais de música, segundo anúncio do cantor Nelson Bomilcar em sua página nas redes sociais.

A versão digital do disco De Vento em Popa soma as treze faixas cantadas e seus respectivos instrumentais (playbacks), resultando em 26 faixas distribuídas pela VPC Produções, gravadora responsável pelos trabalhos do grupo.

História

“De Vento em Popa” é considerado um marco na história da música cristã contemporânea nacional por trazer um repertório totalmente nacional e uma sonoridade que se embalava pela MPB da época. Na época, em 1977, eram raros os trabalhos com este caráter e, pelo fato do Vencedores por Cristo ser um grupo notável, o registro se tornou um divisor de águas.

O trabalho envolveu a participação de músicos como Bomilcar, Guilherme Kerr Neto, Aristeu Pires, Sérgio Pimenta e Artur Mendes, e canções como “Sinceramente” e “Cada Instante”, hoje, figuram entre as principais no repertório do Vencedores por Cristo que, ano que vem, completa 50 anos de carreira.

Tamanha notoriedade fez com que o disco fosse eleito o maior álbum da história da música cristã contemporânea brasileira, em lista publicada pelo Super Gospel em 2015. O cantor Jorge Camargo, ex-integrante do VPC, chegou a publicar uma obra com base no álbum.