22.9 C
Vitória
domingo, 29 novembro 2020

Como a igreja se torna uma comunidade de santidade

Leia também

OMS: mais dados sobre vacinas são necessários

Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom afirmou que vários países no mundo "conseguiram controlar a covid-19, e em comum entre eles, a testagem"

Parte dos pacotes com sementes contém praga inexistente

Outras 15 amostras continham gêneros que têm espécies quarentenárias ou espécies com potencial quarentenário

Maia defende que Congresso discuta soluções para combater racismo no Brasil

Instalada nesta semana, a comissão irá acompanhar os desdobramentos da investigação do caso e promover reuniões

Imitar a Cristo não é apenas uma preocupação individual, mas um assunto corporativo.

Uma coisa sempre me impressiona sempre que leio essa passagem de 1 Coríntios 5: Embora Paulo esteja certamente preocupado com o homem impenitente, ele parece igualmente preocupado com a santidade da comunidade. “Você não sabe que um pouco de fermento fermenta toda a massa?”, Pergunta ele.

A base para a preocupação de Paulo parece ser a sua compreensão de que Deus não habita simplesmente no indivíduo redimido, mas em toda a comunidade. “Vocês não sabem que vocês mesmos são o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em seu meio?”, Pergunta ele (1º Co 3:16).

Ao longo de suas cartas, Paulo ensina que a igreja atualmente desfruta da presença do Espírito de Deus em antecipação ao dia em que Deus inundará toda a Terra com sua glória. Da mesma forma, a visão final de João em Apocalipse deixa clara a esperança de um céu e uma terra renovados, nos quais “a morada de Deus está agora entre o povo e ele habitará com eles.

Eles serão o seu povo, e o próprio Deus estará com eles e será o seu Deus. ”(Apocalipse 21: 3). Consequentemente, essas passagens devem nos lembrar que a santidade – a qualidade que torna as criaturas capazes de habitar no mesmo espaço que seu Criador – não é apenas uma preocupação individual, mas também um assunto corporativo.

Certamente, a santificação individual é muito importante, mas ganha seu significado dentro da visão bíblica mais ampla do Deus Triúno, fazendo sua morada entre seu povo resgatado. Em outras palavras, a santidade deve ser uma característica da comunidade, e um indivíduo cresce em sua santidade pessoal, submetendo-se ao Espírito de Deus que santifica o todo.

Neste tempo entre os tempos, recordar a visão bíblica de toda a comunidade como a morada restaurada e santificada de Deus capacitará grandemente nossos esforços dirigidos pelo Espírito para a santidade comunitária e pessoal, equipará nossas igrejas para responderem corretamente às deficiências comunitárias e individuais, e servir a missão de Deus no mundo, lembrando-nos que a igreja corporativa deve brilhar como luzes em um mundo cheio de retratos alternativos do que significa ser humano (Fp 2:15).

A presença luminosa

O Espírito de Deus entre nós é a base para as exortações dos apóstolos à santidade: “Sede santos porque eu sou santo.” (Lv 11: 44-45, 19: 2, 20: 7; 1 Pe 1:16) Esta famosa premissa neste conhecido refrão é: “Porque o Senhor teu Deus anda no meio do teu acampamento” (Deut. 23:14, ESV).

A presença de Deus é comparada a um “fogo consumidor” (Hb 12:29; Lev. 9:24), mas aqui ocorre um fenômeno interessante. Embora sua presença seja como fogo – um bem terrível -, não somos alertados para evitá-lo, como se fôssemos crianças perto de uma chama aberta. Em outras palavras, devemos ser santos como ele é santo.

Assim, o fato da presença espiritual de Deus entre nós agora, e a promessa de sua presença desvelada no futuro, é o que fundamenta as exortações do Novo Testamento à santidade individual e comunitária. Mas é importante lembrar que a santidade não é apenas uma falta de impureza, assim como o fogo é uma falta de escuridão.

Para ter certeza, a santidade implica evitar a impureza, mas é mais apropriadamente descrita por suas características positivas, pelo fruto que o Espírito carrega: amor, alegria, paz e o resto. Embora compreendamos facilmente as exortações à santidade pessoal, a santidade comunal pode ser um conceito estranho, dada a tendência ocidental de individualizar a santificação.

O tempo com essas crianças e seus cuidadores desperta continuamente a nossa igreja para a realidade da necessidade de Houston, e como resultado, numerosos casais dentro da igreja tornaram-se pais adotivos e adotaram crianças aos seus cuidados.

Equipando o povo de Deus

É importante notar que esse mesmo Espírito que nos leva à santidade também nos capacita a reagir corretamente quando confrontados com fracassos individuais e comunitários. De fato, no exemplo de 1 Coríntios 5 acima, Paulo está preocupado com a imoralidade do indivíduo por causa de sua convicção de que o Espírito santifica todo o povo. “Você não sabe que um pouco de fermento leveda toda a massa?”, Pergunta ele (1 Co 5: 6). “Você não deve julgar os que estão dentro da igreja?” (1 Coríntios 5:12).

A lógica da compreensão de Paulo está bem fundamentada tanto na literatura sacerdotal de Israel quanto em nossa experiência cotidiana. Basicamente, o pecado age como um contágio; quando deixado de lado, espalha e contamina aqueles que entram em contato com ele, mas não fazem nada para acertar as coisas. Como um único seixo jogado em uma lagoa, a ondulação é muito mais ampla que o único ponto de impacto.

Minha esperança é que esta visão bíblica de santidade corporativa estimule nossas comunidades cristãs a buscar tanto a defesa dos danos como a restauração daquele que falha. Uma igreja da minha infância – que se concentrou em ajudar os viciados em drogas em recuperação – modelou bem isso.

Este Espírito que habita em nós também nos molda nas pessoas que fomos criados para ser, moldando nossas comunidades em corpos semelhantes a Cristo e servindo à missão de Deus, mostrando a um mundo que existe outro modo de ser humano.

A missão de Deus

“Todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amam” (João 13:35). O amor uns aos outros é para ser uma marca inconfundível de nossas comunidades cristãs, e embora seja um bem em si mesmo, esse amor também convida o resto da criação a se reconciliar com Deus e se unir à comunidade habitada pelo Espírito. Pois o Espírito de Deus nos molda em “pequenos cristos”, para usar a frase de CS Lewis, enviando-nos ao mundo como Cristo nos foi enviado.

“‘Que a paz esteja com você! Como o Pai me enviou, eu estou enviando a vocês. ”E com isso ele soprou sobre eles e disse: ‘Recebe o Espírito Santo’” (João 20: 21–22).

Esse Espírito entre nós – o fogo que queima nossas impurezas – também lança a luz necessária em um mundo sobre o qual a sombra se espalha. Assim, em um mundo que se preocupa justamente com a justiça, a comunidade funcionando como o templo de Deus serve como um sinal da nova criação, na qual o amor, fortalecido pelo Espírito Santo e expresso pelo sacrifício, paciência e perdão, marca a vida de nossas comunidades. convida o mundo assistindo a participar.

Nossas comunidades, então, devem ser caracterizadas, ainda que imperfeitamente no presente, pelo tipo de santidade que permeará a nova criação na qual Deus será tudo em todos. Ser o templo de Deus no presente é certamente um bem apavorante, mas é um que promete transformar-nos à imagem de Cristo até que ele finalmente faça todas as coisas novas, quando o tabernáculo de Deus estiver entre os humanos, e ele será o seu Deus. e eles serão o seu povo, e o próprio Deus estará no meio deles.

*Paul Sloan – Com informações de Christianity Today


Leia mais

Outubro Rosa e o envolvimento da Igreja
O verdadeiro propósito da Igreja
Como definir uma Igreja verdadeira?

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Fugindo para o precipício!

Muitos anos atrás trabalhava na Romênia e aprendi algumas lições muito importantes sobre a natureza humana. Se todos sabemos que o sentimento de liberdade...

4 mil km para a tão sonhada liberdade na fé

Jovem norte-coreana, que viajou mais de 4 mil km para ter a liberdade de adorar a Deus, compartilhou sua história em vídeo para uma organização que ajuda refugiados da Coreia do Norte.

Funkeira Ludmilla no gospel?

Em live no Instagram, nesta quinta (26), a funkeira Ludmilla falou do desejo de apostar na carreira gospel e afirmou ter "recebido um chamado" para levar a palavra de Deus aos fãs. Saiba mais!

Julgamento histórico no Brasil sobre guardar o sábado

Em votação, o Supremo Tribunal Federal assegurou o direito de quem guarda o sábado, como no caso dos adventistas. Decisão garante prestação e critérios alternativos dentro da esfera pública. Entenda!

“40 Dias – O Milagre Da Vida” nas plataformas de streaming

Filme foi lançado no dia 15 de outubro, em mais de 200 salas em todo o Brasil. E agora será possível assistir em casa, pelo seu aplicativo. Saiba mais!

Principal cientista nuclear do Irã é assassinado a tiros

Mohsen Fakhrizadeh foi executado por quatro agressores próximo de Teerã. Governo iraniano acusa Israel de participar do "ato de covardia". Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Conferência Paixão pela Juventude 2020

Realizado pela Juventude Batista Brasileira, evento será online e acontece em duas datas. A primeira será neste sábado, 28, e a segunda, dia 5 de dezembro. Saiba mais!

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 
- Publicidade -

Plugue-se

Funkeira Ludmilla no gospel?

Em live no Instagram, nesta quinta (26), a funkeira Ludmilla falou do desejo de apostar na carreira gospel e afirmou ter "recebido um chamado" para levar a palavra de Deus aos fãs. Saiba mais!

“40 Dias – O Milagre Da Vida” nas plataformas de streaming

Filme foi lançado no dia 15 de outubro, em mais de 200 salas em todo o Brasil. E agora será possível assistir em casa, pelo seu aplicativo. Saiba mais!

Superação: “Deus me cercou de anjos”, diz Chris Nikic

Chris Nikic, 21 anos, é a primeira pessoa com o distúrbio genético a finalizar o Ironman, a prova esportiva mais difícil do mundo. Saiba mais!

Natal dos Ribeirinhos! Ajude as comunidades da Amazônia

Ação, que realizada pela Sociedade Bíblica do Brasil, faz parte da campanha Luz na Amazônia, que promove assistência integral às comunidades ribeirinhas. Saiba mais!