Pedro Sánchez é o novo Presidente do Governo espanhol

Pedro Sánchez, novo primeiro ministro da Espanha cumprimentando Mariano Rojoy, que foi destituído nesta sexta (1º). Foto: Reprodução Web

Votação parlamentar tirou Mariano Rajoy do poder após escândalo de corrupção

Nesta sexta-feita (1º) a Câmara dos Deputados da Espanha aprovou a moção de censura contra Mariano Rajoy, do Partido Popular. Ele foi destituído do cargo de primeiro ministro após escândalo de corrupção. O líder socialista, Pedro Sánchez, tornou-se o novo chefe de governo espanhol.

Após informado formalmente da decisão da Câmara, o rei Felipe VI nomeou Sánchez para o cargo. O socialista se comprometeu a enfrentar as necessidades sociais, assim como combater a desigualdade. “Temos uma tarefa muito importante para a coesão social. É necessário estabilizar nosso país socialmente”, declarou na tribuna do parlamento.

Moção de censura

A moção de censura recebeu 180 votos a favor, 169 contra e apenas uma abstenção. Abalado por casos de corrupção do seu partido, Mariano Rajoy reconheceu mesmo antes da votação que seria derrotado.

“Podemos presumir que a moção de censura seguirá adiante. Em consequência, Sánchez será o novo chefe de governo. Serei o primeiro a felicitá-lo”, declarou. “Foi uma honra ser o chefe de governo e deixar uma Espanha melhor do que encontrei. Sorte a todos vocês pelo bem da Espanha”, afirmou.

Mariano Rajoy

O ex-primeiro ministro da Espanha tem 63 anos. Estava no poder há 11 anos. Ocupou vários cargos na política espanhola. Recentemente, sobreviveu à pior crise política em quatro décadas – o desafio separatista catalão. Porém, vinha pressionado pelos escândalos de corrupção envolvendo o seu partido, embora não tenha sido condenado diretamente.

*Com informações da Agência Brasil 

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!