Ajude cristãos perseguidos na Índia

Foto: Portas Abertas

Até 2021, nacionalistas têm trabalhado junto ao governo para uma completa “hinduização” do país.

A Missão Portas Abertas lançou uma campanha para ajudar cristãos perseguidos na Índia. A ONG conclama a população cristã no país para uma doação em dinheiro para patrocinar uma equipe de trabalho de missionários por cerca de um mês.

Segundo publicação no site da instituição, os cristãos perseguidos podem ser beneficiados com alimentos, itens básicos e assistência jurídica. “Enviamos equipes de resposta rápida – formadas por voluntários – que oferecem alimentos, itens de necessidade básica, ajuda na renda e assistência jurídica. Ajude esses cristãos a amenizar as dificuldades geradas apenas por sua fé”, diz a mensagem.

A perseguição atinge os cristãos indianos de várias formas. Entre elas: aumento da violência, isolamento social dos convertidos, leis anti-conversão e de blasfêmia, e discriminação quanto à herança e benefícios fiscais.

Apesar de 72,5% da população ser hindu, os nacionalistas têm trabalhado junto ao governo para uma completa “hinduização” do país até 2021. Por isso, a minoria cristã enfrenta perseguição severa e violência crescente, só por possuir outra fé.

Relatos

Apesar da constituição garantir liberdade religiosa, os radicais parecem não respeitar isso. Relatos mostram o fechamento de igrejas, destruição de casas, agressões e morte de cristãos. Os nomes são fictícios por segurança.

“Eu sempre lembro que Deus é por nós e que estará conosco. Cada vez que enfrentamos dificuldade ou dor é para a glória de Deus. Quando formos para o céu, não haverá mais dor ou tristeza”, disse o pastor Tilak. “Não tenha medo quando a perseguição chegar. É um privilégio ser perseguido”, falou Bahia*, jovem cristã perseguida.

*Com informações de Missão Portas Abertas


Leia mais

Índia – mídia faz campanha contra cristãos

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!