EUA – Protesto contra a separação de famílias na fronteira

Foto Reuters

Mais de 30 mil pessoas participaram da manifestação na capital dos EUA.

Milhares de pessoas participaram de um protesto em frente à Casa Branca, em Washington, nos EUA, neste sábado (31). Elas exigem que o governo reunifique as famílias de imigrantes ilegais separadas na fronteira do país com o México.

A situação é por conta da política de “tolerância zero” do governo de Donald Trump. Várias crianças foram separadas de seus pais enquanto tentavam entrar ilegalmente no país desde abril deste ano. Entre elas, tem crianças brasileiras.

Mais de 30 mil pessoas participaram da manifestação. A cantora Alicia Keys, a atriz America Ferrera e o dramaturgo Lin-Manuel Miranda lideraram o protesto. A manifestação ocorreu também em outras 750 cidades dos Estados Unidos.

“Nossa democracia está em jogo. Nossa humanidade está em jogo. Estamos aqui para salvar a alma de nossa nação”, disse Alicia Keys durante discurso. Os manifestantes pediram a reunificação das mais de 2.300 crianças que foram separadas de seus familiares desde abril. “Esta luta não pertence a um grupo de pessoas, a uma cor, a um gênero. Ela pertence a todos nós”, afirmou Ferrera.

*Com informações da Agência EFE


Leia mais

Trump põe fim à separação de famílias de imigrantes no país