back to top
23.8 C
Vitória
terça-feira, 23 DE julho DE 2024

Perseguição cristã deve aumentar em 2023, alerta relatório

Países da África sofrem perseguição religiosa. Foto: Reprodução

O relatório destaca a situação dos cristãos na Nigéria, Índia, China e Irã, entre outros países.

Por Lilia Barros

“A perseguição tem aumentado nos últimos anos. 2023 parece destinado a continuar essa tendência”, alertou um líder do ministério cristão.

Paul Robinson, CEO da Release International, disse que os próximos 12 meses seriam “significativos para grandes áreas da igreja em todo o mundo”.

O relatório de Tendências de Perseguição da Release International destaca a situação dos crentes na Nigéria, Índia, China e Irã, entre outros países.

- Continua após a publicidade -

Nigéria

A Nigéria é o lugar que mais preocupa devido à espiral de violência e aos apelos crescentes de extremistas islâmicos no norte e grupos étnicos regionais no sul para dividir o país.

Os cristãos continuam sendo alvo de ataques violentos na região do Cinturão Médio, mas a violência está se espalhando cada vez mais para as regiões central e sul, antes consideradas relativamente seguras.

A Release International estima o número de cristãos mortos este ano por Fulani radicalizados em mais de 6.000, mas ataques mortais também estão sendo realizados por grupos terroristas Boko Haram e Estado Islâmico da África Ocidental.

Com o aumento da ilegalidade, há temores de que a Nigéria esteja se tornando outro estado falido. “Todas as indicações sugerem que a Nigéria está em um ponto crucial de sua história”, disse um parceiro da Release International no país.

“A eleição em 2023 determinará se a nação crescerá como uma entidade ou se desintegrará.”

Sequestro

O parceiro continuou: “O sequestro para resgate agora se tornou a principal fonte de renda para grupos terroristas, enquanto o número de vítimas de estupro e pessoas com deficiência devido a ataques continua a crescer entre as comunidades cristãs.

“Centenas de milhares de crianças nessas aldeias cristãs não podem ir à escola ou ter acesso a uma boa educação”.

Índia

Na Índia, os cristãos estão sendo atacados por nacionalistas hindus e as leis anticonversão estão se espalhando por mais estados, levando a temores de que seja apenas uma questão de tempo até que uma lei nacional seja imposta.

Durante o Natal, houve relatos de extremistas hindus cantando ‘morte a Jesus Cristo’ e queimando efígies de Papai Noel, o que é equiparado ao cristianismo na Índia.

Irã

No Irã, que foi abalado por protestos este ano, um parceiro da Release International disse que “não há dúvida” de que o governo está preocupado com o fato de “muçulmanos desiludidos estarem se tornando cristãos”.

Apesar de uma “onda de perseguição” contra os convertidos e da ameaça de longas sentenças de prisão, as igrejas domésticas no Irã estão crescendo.

“Obviamente há uma campanha para impedir a propagação do cristianismo, para prender aqueles que estão liderando igrejas domésticas e engajados em evangelismo e ensino”, disse o parceiro da Release.

Comentando o relatório, o Sr. Robinson disse: “As lições da Igreja primitiva e da história nos ensinam que a perseguição concentra a mente e fortalece a determinação. Ela encoraja e refina a Igreja.”

Com informações The Christian Today

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -