28.4 C
Vitória
quinta-feira, 25 fevereiro 2021

Chag Kashruth Pessach!!!

Mais Artigos

A batalha é real

A batalha é dura e constante, precisamos estar com a armadura e sermos guerreiros obedientes a Deus

Os sinais cada vez mais evidentes da volta de Jesus

Você está pronto para a surpreendente volta de Cristo? Para alguns será uma armadilha e para outros o cumprimento da promessa de Deus

‘Boi de Piranha’ do sistema político

Daniel Silveira foi esse boi de piranha do nosso sistema político. Ficamos acreditando que fizeram uma injustiça, quando, na verdade, o que Bolsonaro queria...

“Isto é, tenha uma Páscoa feliz e farta!”

Na Bíblia, em sua porção primitiva, a Bíblia Hebraica, encontramos entre as sete festas estabelecidas por Deus (veja Levíticos 23) a Festa de Pessach, ou em português, Páscoa. O Criador havia estabelecido esta festa em comemoração a abolição da escravatura judaica no Egito dos séculos passados (veja  Êxodo 12:1-14). O evento, que dura oito dias, é uma ocasião alegre para todos os envolvidos. Nessas ocasiões nas comunidades judaicas, famílias e amigos judeus costumam se cumprimentar com a frase hebraica: Chag Sameach“. Essa expressão significa “feliz festa” e serve para quase qualquer das sete datas do calendário bíblico de Levítico 23, em especial a de Pessach (Páscoa), Sucot (cabanas ou tabernáculos) e Shavuot (Pentecostes). Na Páscoa pode-se cumprimentar um amigo judeu com algo bem específico tipo “Chag Kashruth Pessach”, isto é, “tenha uma Páscoa feliz e farta”.

Porém, um ingrediente da Festa de Pessach que foi perdido com a destruição do Templo de Jerusalém no ano 70 d.C. é a relação entre libertação, pecado, justiça, misericórdia e perdão. Sem esses ingredientes relacionados a festividade ela fica sendo somente um aspecto cultural e tradicional de memória de um evento histórico atado à saída do Egito e nada mais, no entanto, a Bíblia acrescenta algo mais profundo.

Em Pessach, ou Páscoa, um cordeiro era sacrificado e seu sangue derramado e todo aquele que ficasse sob esse sangue era liberto da condenação pendendo sobre todos no Egito, até mesmo um egípcio que ficasse sob o sangue derramado e aspergido não sofreria a ira divina.

Com o sangue derramado a justiça era satisfeita, pois, o pecado gera a morte, e com a aceitação gratuita deste sacrifício a misericórdia era distribuída, e o resultado era salvação e remissão (veja Levíticos 17:11).  Em Hebreus 10:1-4, o escritor judeu inspirado nos diz que tais sacrifícios não eram um fim em si mesmos, pois, seres humanos valem mais que cordeiros, carneiros ou qualquer animal, eram apenas uma sombra profética do evento messiânico (veja Isaías 53). Assim, Paulo apela: Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós. “Por isso façamos a festa não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os ázimos da sinceridade e da verdade” (I Cor. 5:7,8). Chag Kashruth Pessach!!!


Pastor Wladimir Gonçalves de Souza, teólogo pós-graduado em Ciência da Religião. Espaço Adventista da Colina – Uberlândia – MG

- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

República Dominicana proclamada “Nação de Deus”

O objetivo é elevar a fé da população da República Dominicana em meio à catástrofe provocada pela pandemia, que deixou mais de 3 mil mortos no território. Saiba mais!

Itália: Deslizamento em cemitério lança 200 caixões ao mar

Causa do acidente está relacionada à erosão da falésia, que acabou sendo intensificada pelas tempestades que atingem a Itália. Saiba mais!

Igreja de Volta Redonda (RJ) é interditada pela justiça

Igreja Assembleia de Deus, do bairro Laranjal, teve multa de R$ 50 mil fixada. Decisão foi tomada após solicitação do Ministério Público. Saiba mais!

Luiz Sayão, vítima de intolerância: “nunca imaginei”

A Wikipédia censurou o diretor da Faculdade Batista de São Paulo, o pastor e hebraísta Luiz Sayão, supostamente por não evidenciar “notoriedade” e “relevância”. Saiba mais!

Entrevistas

A força das missões transculturais

Conheça a Adventist Frontier Missions (AFM), um lugar para você servir as missões transculturais enquanto vê o mundo pelos olhos de Deus. Saiba mais!

Pastor Antônio Júnior: simplicidade ao explicar a Bíblia

Com 14 milhões de seguidores em todas as redes sociais, Pastor Antônio Júnior é o dono do maior canal de pregação do mundo no Youtube. Saiba mais!

Ilma Cunha: depressão e ansiedade na pandemia

Já viu como tem gente deprimida e ansiosa à nossa volta? As doenças da alma ganharam força total nesta pandemia. Confira a entrevista!

Entrevista com o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande

“O melhor dos cenários para 2021 é com vacina” "O melhor dos cenários para 2021 é com vacina” Por Luciene Araujo “Vamos andar mais rapidamente que o...