22.6 C
Vitória
segunda-feira, 28 setembro 2020

Auxílio emergencial elevou em 24% renda pré-pandemia

Leia também

Governo federal libera entrada de estrangeiros por aeroportos de todo o País

A Portaria diz ainda que o estrangeiro em viagem de visita ao País para estada de curta duração, de até 90 dias

Governo de SP irá subsidiar 161 mil computadores a professores

Doria anunciou também o repasse de R$ 352 milhões a 166 mil servidores da rede pública de ensino, entre professores, diretores e agentes da educação

Em meio a ‘atropelo’ de Marco Aurélio, Celso de Mello antecipa retorno ao Supremo

Marco Aurélio antecipou a divulgação de seu voto no qual defendeu a possibilidade de uma oitiva por escrito de Bolsonaro

Segundo pesquisa, dado destaca a pobreza e a desigualdade do país. Siaba mais!

As pessoas que recebem o auxílio emergencial, pago pelo governo federal durante a pandemia de covid-19, tiveram seus rendimento aumentados em 24% em relação ao que recebiam usualmente antes da pandemia. Os dados, divulgados hoje (30), são do Centro de Estudos em Microfinanças e Inclusão Financeira da Fundação Getulio Vargas (FGV).

O impacto do auxílio emergencial é maior no caso dos empregados informais, cuja elevação de renda proporcionada pelo auxílio chegou a 50%, passando de uma média de R$ 1.344 (pré-pandemia) para R$ 2.016.

“Para aqueles que receberam o auxílio emergencial, o acréscimo de renda mais do que compensou, pelo menos até o momento, as perdas de renda derivadas da crise. Isso não significa que o auxílio emergencial seja excessivo, mas sim que o nível de pobreza e desigualdade do Brasil é muito alto”, destaca o texto do estudo.

O levantamento mostra que alguns profissionais foram mais afetados pela pandemia, como cabeleireiros e manicure, que perderam, sem levar em conta o auxílio emergencial, 42% da renda usual. Vendedor ambulante (-38%), motorista (-36%), vendedor a domicílio (-33%), e artesão, costureiro e sapateiro (-33%), também tiveram quedas acentuadas em seus rendimentos.

De acordo com o estudo, o auxílio emergencial já foi pago a cerca de 64 milhões de brasileiros, de um total de 104 milhões de solicitações. “O número de pessoas que solicitaram o auxílio mostra que o volume de recursos do Bolsa Família pode não ser suficiente. Existe uma parcela da população que é bastante vulnerável, que não está sendo atendida”, destacou o coordenador do Centro de Estudos em Microfinanças e Inclusão Financeira da FGV, e um dos autores do estudo, Lauro Gonzalez.

“São pessoas que não são pobres suficientemente para estarem no Bolsa Família, mas que são pobres também, estão sujeitas aos efeitos negativos de choques, como esse que a gente teve na pandemia. Um mecanismo mais adequado [para corrigir isso] seria alguma coisa na linha de uma renda básica, abrangendo um número maior de pessoas”, acrescentou.

O levantamento foi feito com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Covid-19 realizada em junho de 2020 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Benefício

O benefício foi criado pelo governo federal para tentar reduzir os efeitos negativos na economia causados pela pandemia novo coronavírus, que obrigou o mundo a suspender diversos setores da atividade econômica. O auxílio é destinado a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEIs), autônomos, desempregados e famílias integrantes do programa Bolsa Família. A parcela é R$ 600 ou de R$ 1,2 mil, para mães solteiras.

*Da Redação, com informações da Agência Brasil

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Guedes diz que ‘cartão vermelho’ de Bolsonaro não foi direcionado a ele

O ministro lembrou que, desde início, o presidente disse que não queria consolidar programas sociais para criar o Renda Brasil, e que foi uma decisão política

Ainda acreditamos que é possível acoplar IVA federal com estadual, diz Guedes

O ministro ainda disse que é natural que os Estados façam esse movimento, com o maior peso de serviços na economia, mas "não podem espremer os municípios."

‘Vamos entrar em rota de implosão fiscal’, diz Guedes, sobre novo fundo a Estados

Os secretários de fazenda defendem a criação de um fundo de desenvolvimento regional e de um fundo de exportações

Mourão relaciona alta nos preços de alimentos a pagamento de auxílio emergencial

O presidente Jair Bolsonaro demonstrou receio do risco de inflação e pediu "patriotismo" aos donos de supermercados para tentar baixar os preços de produtos que compõem a cesta básica

Guedes: ‘Estamos fazendo tentativa de aterrisagem suave do auxílio emergencial’

O valor de R$ 600 foi mantido em todo esse período. Para mexer no valor, o governo vai editar uma Medida Provisória (MP), que tem vigência imediata

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.067,00 em 2021

Os valores ainda podem mudar no decorrer deste ano, com base nas projeções de inflação para o ano de 2020

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Live a favor da igreja perseguida neste sábado, 26, às 19h

O cantor Paulo César Baruk recebe Rebeca Nemer, Eyshila, Davi Lago, Rachel Novaes e outros artistas para a live solidária "Seja um com eles", a favor da igreja perseguida.l Saiba mais

Confrajovem 2020 será online; Saiba mais!

O Confrajovem é um evento anual da Lagoinha Matriz que atrai jovens do mundo inteiro para adorar e buscar a Deus em uma só voz. Neste ano o evento será on-line. Saiba mais!

Live: Lançamento do Evangelho de João em Libras

Lançamento do evangelho de João em Libras será nesta sexta-feira, 25, pelo Youtube. Saiba mais!

Live Elementos Essenciais do Discipulado

Como os Estudos da Bíblia de Discipulado podem ser usados em microgrupos de discipulado entre pessoas recentes na fé. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Nova versão de Branca de Neve destaca beleza interior

“Sapatos Vermelhos” é uma narrativa animada e moderna do famoso conto de fadas "Branca de Neve", que na sua nova versão, destaca sua beleza...

Novo álbum de Gabriela Rocha em parceria com Spotify

Gabriela Rocha ficou conhecida mundialmente e soma mais de 2 bilhões no YouTube. Saiba mais!

Priscilla Alcântara dá voz a trilha sonora de “A caminho da Lua”

"Vou voar", canção-tema da animação "A Caminho da Lua" está disponível em todas as plataformas na voz de Priscilla Alcântara. Filme estreia na Netflix...

Uma história real: “Já não sou eu quem vive”

"Já não sou eu quem vive", é uma história baseada no diário de uma jovem cristã, em meio à pandemia, em Manaus (AM). Saibamais!