21.9 C
Vitória
quarta-feira, 27 maio, 2020

Aceito porque fui aceito, porque fui aceito me aceito

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Toffoli tem resultado negativo em novo exame para coronavírus

Toffoli fará novos exames para descartar 1 falso negativo. Ele foi internado no sábado (23) para realizar uma cirurgia de drenagem de abscesso

Empresários de mais de 100 festivais de música do país assinam manifesto

Grupo se mobiliza para abrir rodas de discussões em busca de saídas e acompanhar a tramitação da Lei de Emergência Cultural no Congresso

Entenda as diferenças entre a caminhada e a corrida

Quem está fora de forma deve iniciar pela caminhada, mas não precisa obrigatoriamente seguir para a corrida com o passar do tempo.

Ministério da Saúde orienta construção de hospitais de campanha em último caso

O Ministério da Saúde divulgou as regras de financiamento para a construção de novos hospitais de campanha para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus.

“Aquele que, antes, nos perseguia, agora, prega a fé que, outrora, procurava destruir” (Gálatas 1. 18 a 24).

Assim as igrejas da Judeia ouviram sobre Paulo. Seria humano esperar uma reação negativa, um olhar diferente, julgamentos continuados e, em alguns casos, desprezo.

Imagine que se eu dissesse: “Irmãos, está conosco um homem que tem por hábito e missão a perseguição, tortura e destruição de presbiterianos”. Mesmo se eu afirmasse que ele mudou, poderíamos ter dificuldade de encontrar uma família para acolhê-lo. Para muitos, o ponto seria: e se ele tiver uma recaída? A pergunta é natural, mas não dá uma única chance ao poder transformador de Jesus Cristo.

É como se nem mesmo esse poder tenha me alcançado anteriormente. O passado de alguém, em especial um complicado, não é mais importante do que as transformações sofridas no presente e as que me transformarão no futuro.

Jesus aceitou Paulo como ele estava. “E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões” (Atos 9:5).
Paulo não era ex-perseguidor quando foi achado por Jesus.  Ele estava “respirando ainda ameaças e mortes contra os discípulos do Senhor…”. E no auge de sua perseguição aos cristãos, ele foi aceito pelo Senhor. Paulo não fez nada para ser aceito por Jesus, até porque nada que ele fizesse daria a ele a oportunidade de ser aceito. Não somos aceitos por Jesus pelo que fazemos, mas porque Ele já fez. O centro da aceitabilidade não é o ser humano, não são as nossas obras, não é o que eu faço ou deixo de fazer, se não seria meritório. O problema de ser meritório é que se nós recebêssemos o que merecemos certamente não seria nada agradável. A aceitabilidade está centrada em Jesus. Ele nos acolhe, nos recebe, nos aceita como somos.

Como sentir-se aceito por Jesus? Algumas pessoas revelam dificuldades de se sentirem aceitas por Jesus. Há uma cobrança e acusação que pesa sobremaneira a pessoa a ponto de levar a um afastamento da comunidade cristã por não se sentir “bom o suficiente” para ser parte dela. Uma observação importante: ninguém é “bom o suficiente” – essa ideia de bondade humana é construída de forma equivocada, porque privilegia o julgamento e a acepção. O princípio da igualdade e imperfeição pode nos ajudar a perceber outro ponto de vista: somos todos iguais e somos todos imperfeitos. Ninguém é melhor do que ninguém.

Um problema dos mais sérios neste processo é a dupla resistência: dos outros e do próprio indivíduo. Frases importantes: “Não me sinto digno”, “Não sou merecedor”, “Sinto vergonha do que fiz”. Uma das formas que Jesus usou para permitir que os alcançados pelo Evangelho pudessem se sentir aceitos foi a maneira como a comunidade cristã aceitava os novos cristãos. Leia Atos 9.10 a 19 e conheça o modelo de Ananias. Esse modelo atinge duas questões valiosas: é uma das formas de Jesus mostrar que Ele aceitou a pessoa e que a comunidade deve aceitá-la da mesma forma. E assim como estou sendo aceito pela comunidade, posso também me sentir aceito por Jesus. Aceito porque fui aceito. Porque fui aceito me aceito.

Veja a beleza do cristianismo. Não mudo para ser aceito por Jesus. Também não permaneço como estou. As transformações pelas quais preciso passar decorrem de ter sido aceito. O amor de Jesus nos constrange e nos leva a experimentar as reais mudanças, sempre de dentro para fora. Algumas delas acontecem com grande simplicidade.

Deixo de fazer – não pode ser obrigado a deixar, mas deixo de querer fazer. Alguns que não gostavam de estar na igreja, por exemplo, passam a querer. Antes nem gostavam de falar sobre isso – depois passam a querer estar e até convidam outros. A beleza do cristianismo está no processo natural de transformação que tem como base central o fato de ser sido aceito por Jesus.

Rev. Jr. Vargas

 

A matéria acima é uma republicação da Revista Comunhão. Fatos, comentários e opiniões contidos no texto se referem à época em que a matéria foi escrita.

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Diante do Trono anuncia congresso online

Diante da pandemia do coronavírus, a banda anunciou o "Congresso Mulheres e Moças" online

GOD Brasil: Como anunciar o que o mundo precisa ouvir?

O God Brasil é um movimento que incentiva o evangelismo intenso no mundo inteiro em um dia

Fé e ciência em tempos de pandemia

Cientistas cristãos respondem questões de fé e ciência em tempos de pandemia. Uma mini Conferência online será realizada entre os dias 26 a 28 de maio sobre o assunto

Festival “VillaMix Em Casa Gospel”

O festival “VillaMix Em Casa Gospel” será dia 30 de maio, com transmissões no YouTube e Facebook. Ana Paula Valadão estão entre as atrações

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Em breve, primeiro single de Kemuel Worship Filhos: Lado B

“Algo Novo”, com participação especial de Lukas Agustinho, é o primeiro single do novo projeto de Kemuel 

Daniel Júnior canta “Deus cuida de mim”

Gerado em momento de dor, novo single de Daniel Junior está disponível nas plataformas de streaming, Ouça a canção!

Após saída do Ministério Zoe, Thamires Garcia em nova fase

Thamires Garcia anunciou sua saída do Ministério Zoe em janeiro para seguir carreira solo

Nasce uma estrela na música gospel: Gisa Garcia

Convertida à Cristo desde os 8, Gisa Garcia sempre ansiou em trocar o backvocal do funk pelo microfone principal, porém cantando louvores. E agora prepara seu primeiro EP na música gospel