Na estrada com Pr. Antônio Cirilo

Foto: Facebook

Os louvores do mineiro Antônio Cirilo alcançaram os quatro cantos do país na última década. “O talento vem de Deus”.

Seu trabalho mais conhecido, o disco “Poderoso Deus”, chegou a vender mais de um milhão de cópias, contribuindo decisivamente para o sucesso de seu ministério. Dando sequência a essa sólida e bem-sucedida trajetória, Cirilo lançou, no final de 2011, o álbum “Deus é glorioso”, que em pouco tempo ultrapassou a marca de 40 mil cópias vendidas, conquista que lhe rendeu o Disco de Ouro, em fevereiro deste ano.

O disco, como define Cirilo, tem o objetivo de ganhar almas, e é isto que tem motivado o ministério Santa Geração – de que ele faz parte – a viajar pelo país pregando a glória do nome do Senhor. “‘Deus é glorioso’ fala de buscarmos essa glória. É um disco de adoração, voltado principalmente para quem ainda não está na igreja. Trata-se de um disco para ganhar almas. Ao mesmo tempo, ele abençoa e edifica aquele que está na igreja”, explica.

“Deus é glorioso” marca uma inovação no trabalho musical de Antônio, que decidiu investir mais na sonoridade, gerando mudanças facilmente perceptíveis neste último álbum. “Dessa vez, investimos um pouco mais na produção, trazendo uma sonoridade bem diferenciada. Mas não perdemos a essência daquilo que Deus nos chamou para fazer. É um disco bem ‘Antônio Cirilo’, ou seja, de adoração, onde Deus é o centro das atenções. A maioria dos discos que temos hoje trata do ser humano como foco principal. Já a nossa característica é colocar Deus no centro. Falamos do ser humano, mas o ator principal é Deus, a presença de Deus e do Espírito Santo. São músicas para você cantar e ouvir olhando para o céu”, define bem o cantor.

O álbum é o primeiro de Antônio Cirilo com o selo artístico da Graça Music, e é fruto de uma parceria que começou em 2011. “Antes de fazer parte do casting da gravadora, nós mesmos fabricávamos e distribuíamos os nossos discos. Isso demandava muito de nós, gerando um grande desgaste. Entendemos que o nosso trabalho é ministrar, e não vender. Deus nos chamou para pregar, e temos que respeitar a unção sobre cada pessoa. Por isso, na busca de uma parceria para cuidar da parte comercial, chegamos à Graça Music, e em seguida veio o convite para assinar o contrato artístico”, conta Cirilo.

A consagração de uma carreira vitoriosa, que já soma o lançamento de 20 álbuns e de cinco DVDs, é fruto da dedicação do ministério de Cirilo, que foca seu trabalho em proporcionar uma experiência de proximidade entre os cristãos e o Senhor. “Nosso objetivo é levar cada indivíduo a uma experiência pessoal na presença de Deus, uma experiência com o Espírito Santo de Deus. Usamos a música e a pregação com esse foco”, explica o cantor.

História

Antônio Cirilo da Costa é filho de lavradores, e nasceu na zona rural do município de Rio Vermelho, região pobre do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais. Ainda adolescente, mudou-se para a capital mineira junto com sua família, em busca de uma vida melhor. Ali, ele traçou seu caminho, ao encontrar e aceitar Jesus como seu Senhor e salvador. “Deus me chamou para esse trabalho através de uma palavra profética. Ele usou uma irmã, que me disse que eu iria gravar CDs e que Deus me daria canções que mudariam a mente da igreja no país e no mundo. Desde então, só tenho recebido bênçãos e graças”, lembra ele, com carinho.

Além de dedicar-se à música como cantor, arranjador e compositor, Cirilo é também pastor e fundador da Igreja Batista de Contagem (MG). Traçar seu caminho na música tem significado para Cirilo nada mais que seguir um dom dado por Deus. “Cada pessoa nasce com um dom natural. Eu acredito que todo ser humano vai fazer bem uma determinada coisa na sua vida. Quando Deus nos chama para viver próximos a Ele, Ele não muda isso. O talento vem de Deus. Toda pessoa já nasce com talento, uns desenvolvem, outros não. Eu sempre fui ligado à área da música e, com o tempo, isso foi se aprimorando”, explica.

O talento para a composição também foi um presente de Deus, segundo ele. “Na primeira semana após a profecia, já sonhei com a primeira canção. Meu processo de composição é esse: sonho com as canções, ou com o tema. Estou sempre recebendo essas canções do Senhor”, afirma o compositor.

Carreira

Quando Cirilo recebeu a profecia de que suas canções mudariam a mente da igreja no país e no mundo, não tinha noção do que o aguardava e de quão longe isso o levaria. Em sua trajetória como pastor e músico, ele já esteve em vários países da Europa, do Oriente Médio e da África, passando ainda por Japão, Estados Unidos e Canadá. Dessas experiências, seu principal aprendizado foi o respeito pelas diferenças.

“A maneira como as pessoas recebem Deus muda de cultura para cultura. Cada cultura responde de uma forma diferente àquilo que é levado. Deus tem nos dado graça e sempre somos muito bem recebidos. Nessas experiências, a primeira coisa que pude aprender é o respeito. Convivendo com culturas diferentes, você entende que Deus não precisa que você dê a sua forma para que Ele opere. O Senhor respeita as pessoas, age no nível do entendimento de cada um. Ele é um Senhor amoroso, respeita as diferenças e as limitações de cada um, e pudemos aprender isso nestas vivências que tivemos até aqui”, ensina.

Também no Brasil o ministério de Antônio Cirilo tem arrastado multidões. As apresentações são feitas em grandes eventos, mas Cirilo procura também conservar o tom mais intimista dos cultos, reservando sempre um espaço na agenda para tocar suas canções nas igrejas. “Em cada reunião nossa, seja ela pequena ou grande, sempre acontecem milagres, pessoas são curadas, e isso tem sido um fator marcante. E cada vez nos emocionamos mais, com os mais diversos testemunhos. Nós transformamos o show num culto”, relata o pastor.

E para dar sequência a este propósito, seu ministério pretende continuar inovando. Em 2012, além de realizar o trabalho do disco “Deus é glorioso”, Cirilo pretende lançar um DVD e uma coletânea com canções em espanhol. Os fãs de Cirilo, acostumados com a qualidade de seu trabalho, podem aguardar ansiosamente, pois vem coisa boa por aí. Mas o cantor faz mistério e não revela detalhes. “Outras novidades podem surgir, mas não vou contar por enquanto”, provoca. E enquanto essas novidades não chegam, a glória de Deus continua se espalhando com a obra de seu ministério.

A MATÉRIA CIMA É UMA REPUBLICAÇÃO DA REVISTA COMUNHÃO. FATOS, COMENTÁRIOS E OPINIÕES CONTIDOS NO TEXTO SE REFEREM A ÉPOCA EM QUE A MATÉRIA FOI ESCRITA.

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!