Bolsonaro deve chamar Moro para Ministério da Justiça ou STF

Foto: Reprodução

O presidente eleito destacou que seu governo terá uma “conversa harmônica” com o Judiciário.

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) confirmou nesta segunda-feira (29) que pretende convidar o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelo julgamento de casos da Operação Lava Jato, para ser ministro da Justiça ou para ocupar, quando surgir, uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele informou que em breve vai conversar com o magistrado, que mora em Curitiba, mas não disse quando será o encontro.

Em entrevista exclusiva à TV Record, o presidente eleito destacou que seu governo terá uma “conversa harmônica” com o Judiciário. Bolsonaro contou que conversou com o presidente do Supremo, Dias Toffoli, no domingo (28), e terá novo encontro. “Todos nós somos responsáveis pela nação.” Ele afirmou que não pensa mais em ampliar o número de ministros da Corte.

Bolsonaro afirmou que irá visitar o presidente Michel Temer para agradecer as felicitações que recebeu. “Será a primeira pessoa que irei procurar”, disse. De acordo com ele, os dois meses finais do governo Temer vão ser da “mais perfeita harmonia”.

Nomes de governo

Nos próximos dias, ele disse que deve confirmar o nome do astronauta e major da reserva Marcos Pontes para o Ministério da Ciência e Tecnologia. Já foram confirmados os nomes do deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) para Casa Civil, o general da reserva Augusto Heleno para Defesa e o economista Paulo Guedes para a Economia.

*Com informações da Agência Brasil.


leia mais

Jair Bolsonaro (PSL) é o presidente eleito do Brasil
O novo governo do Brasil e a Igreja Evangélica

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!