Ex-jihadista foi discipulado e se batizou recentemente

Muhammad hoje é um obreiro e lidera grupos de estudos bíblicos

Quando Muhammad – nome fictício por motivos de segurança – conheceu o coordenador de equipe do ministério Leading The Way na Síria, seu plano era matá-lo. Porém, por uma intervenção de Deus, isso não ocorreu.

O missionário, chamado Peter, conta que Muhammad “ouviu dizer que eu evangelizava os muçulmanos. Ele conseguiu o meu telefone e ligou, dizendo que queria se encontrar e conversar… Quando nos encontramos, declarou seu desejo de seguir a Cristo. Mas, dirigido pelo Espírito Santo, comecei a falar a ele muito diretamente sobre o Deus da Bíblia. Percebi que ele começou a tremer muito, por isso coloquei minha mão em seu ombro e comecei a orar”.

O homem se despediu e foi embora. Naquela noite, Muhammad teve um sonho enigmático com o sangue de Jesus e procurou Peter no dia seguinte, pedindo para entender mais sobre Cristo.

“Eu lhe expliquei o evangelho e sobre o sangue que Jesus derramou na cruz para a expiação dos pecados. Naquele dia ele me disse que realmente queria ser cristão”, lembra o missionário. Pouco depois, Muhammad confessou quem originalmente tinha um plano para matar Peter.

“Ele era um ‘príncipe’ do Estado Islâmico, alguém a quem os outros membros juram lealdade e estão dispostos até a morrer para protege-lo”, explicou Peter. “Ele queria me executar… Agora, me trata como um de seus irmãos”. O ex-jihadista foi discipulado, e recentemente se batizou.

Muhammad hoje é um obreiro e lidera grupos de estudos bíblicos. Ele testemunha: “Antes eu chamava as pessoas para a jihad, mas quando conheci o Evangelho, experimentei um amor que não existe no Islã. Hoje, eu vivo para ser um servo do Senhor Jesus e anunciá-lo para todas as pessoas.”

Leading The Way é um ministério dedicado a proclamar Jesus entre os muçulmanos. Além de programas de rádio e TV, ele sustenta vários missionários no Oriente Médio. Nos últimos tempos relata que houve um grande aumento nas conversões.

“O que estamos vendo que Deus faz é notável”, disse seu fundador Michael Youssef.
“Os muçulmanos que afirmam ter recebido uma visão ou um sonho com Jesus, entram em contato com nossas equipes e escutam falar sobre aquele que viram no sonho.

Estamos testemunhando um poderoso movimento de Deus. O Senhor está se movendo de uma maneira sem precedentes, e os muçulmanos estão vindo a conhecer Jesus em uma quantidade que tempos atrás seriam consideradas impossíveis”.