19.9 C
Vitória
segunda-feira, 22 abril 2024

Sem brilho, Brasil chega ao 5º dia sem atletas em finais

Sem brilho, Brasil chega ao 5º dia do Mundial de Judô sem atletas em finais - Foto: Tamara Kulumbegashvili / IJF
Sem brilho, Brasil chega ao 5º dia do Mundial de Judô sem atletas em finais - Foto: Tamara Kulumbegashvili / IJF

Rafael Macedo e Giovani Ferreira competiram na categoria até 90kg. Macedo foi mais longe, chegando às oitavas de final

Sem brilhar nos tatames do Catar, a equipe brasileira superou a metade do Mundial disputado em Doha ainda sem alcançar as finais de cada categoria. Nesta quinta-feira, o time nacional contou com dois representantes na disputa, mas Rafael Macedo e Giovani Ferreira foram eliminados antes das lutas mais decisivas.

Ambos competiram na categoria até 90kg, os chamados pesos médio. Macedo foi mais longe, ao atingir as oitavas de final. Pelo caminho, deixou até um medalhista olímpico e mundial. Em sua estreia, derrotou o espanhol Tristani Mosakhlishvili no “golden score”. Na sequência, despachou o húngaro Krisztian Toth, bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021, também na “prorrogação”.

Mas, nas oitavas de final, foi projetado duas vezes pelo russo Mansur Lorsanov e se despediu da chance de brigar por medalha. “Acredito que me preparei do jeito certo e deu para ter uma noção da preparação para Paris. Tenho que corrigir algumas coisas, mas acredito que meu caminho está sendo bem planejado e bom. Acho que foi no detalhe ali, mas a gente vai melhorando degrau por degrau”, analisou Macedo.

Giovani Ferreira, por sua vez, fazia sua estreia em Mundiais. Pezão, como é mais conhecido, acabou sendo eliminado logo na estreia, pelo sérvio Darko Brasnjovic, no “golden score”.

- Continua após a publicidade -

“Foi meu primeiro Mundial e é óbvio que fica o sentimento de que tenho mais para mostrar, não para os outros, mas para mim mesmo. Fico bem chateado, independente se é meu primeiro, segundo, quinto ou décimo Mundial. Mas agora é levantar a cabeça e continuar trabalhando, buscando e conquistando”, comentou o atleta de 25 anos.

Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -