back to top
25.5 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Missão do Itamaraty chega na Venezuela para preparar reabertura de embaixada

brasil_ajuda_humnitária_cuba
Carregamentos adicionais serão enviados ao país nas próximas semanas - Foto por: Fabio Rodrigues - Agência Brasil

A missão tem o objetivo de verificar medidas necessárias para o restabelecimento do atendimento consular à comunidade brasileira

O Itamaraty anunciou nesta quinta-feira, 19, a chegada da missão diplomática brasileira a Caracas, capital venezuelana, para reabrir a Embaixada do Brasil na Venezuela. Liderada pelo embaixador Flávio Macieira, a missão deve avaliar as condições dos imóveis e tomar as primeiras providências para o funcionamento da representação brasileira.

Em nota, a pasta afirma que a missão reflete a decisão do governo brasileiro de normalizar as relações bilaterais entre Brasil e Venezuela para retomar uma agenda entre os dois países. “O diálogo com a Venezuela, país com o qual o Brasil compartilha laços históricos de amizade e de cooperação, além de extensa fronteira, é fundamental não apenas para o adequado seguimento da pauta bilateral, mas também para a revitalização da integração regional”, diz o comunicado.

A missão diplomática também tem o objetivo de verificar as medidas necessárias para o restabelecimento do atendimento consular à comunidade brasileira na Venezuela.

O chefe da missão, Flávio Macieira, foi embaixador na Noruega, na Nicarágua e no Panamá. Em Caracas, ele terá a missão de reativar a embaixada e o consulado-geral, que funcionam no mesmo prédio, e a residência do embaixador. Todos são bens da União. A equipe do Itamaraty liderada por ele terá de abrir a contratação de funcionários locais.

- Continua após a publicidade -

Na chegada a Caracas, o ex-embaixador se encontrou com o ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Rander Peña Ramírez, enviado pelo presidente Nicolás Maduro. No Twitter, o ministro venezuelano celebrou o encontro. “Nossos países avançam firmemente na normalização das relações bilaterais”, declarou.

A volta das relações entre os dois países já havia sido anunciada pelo chanceler brasileiro, Mauro Vieira, e encerra anos do afastamento entre Jair Bolsonaro e Maduro. A embaixada em Caracas foi fechada em 2020 pelo ex-chanceler Ernesto Araújo

No dia 15, a embaixada do governo Maduro passou a funcionar em Brasília como única representação diplomática da Venezuela depois de o movimento de oposição venezuelana, liderado por Juan Guaidó, fechar sua representação no País a partir da chegada de Luiz Inácio Lula da Silva à presidência.

Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -