31 C
Vitória
quinta-feira, 27 janeiro 2022

Zagueiro cristão pede respeito quanto à maneira que pensa

Leandro Castán pede respeito às suas crenças e prega amor a todos. Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

“Ficou um pouco marcado pra mim. Mas eu, como cristão, professando a minha fé, é aquilo que eu penso. Não ficou nenhum desconforto”. Saiba mais!

Por Victor Rodrigues 

Em uma entrevista ao Globo Esporte, o zagueiro cristão do Vasco, Leandro Castan, voltou a falar sobre o episódio em que irritou a militância LGBT por publicar, em suas redes sociais, o significado bíblico do arco-íris.

A polêmica aconteceu no último mês de junho, quando o clube usou uma camisa branca em que a faixa transversal tradicional em preto foi substituída por uma alusiva ao movimento LGBT.

Agora, durante uma entrevista coletiva, o zagueiro foi mais uma vez questionado pelo jornalista da Rede Globo. Do mesmo modo, ele reiterou seu posicionamento, mas negou que sua postura tenha causado problemas com os colegas.

“Ficou um pouco marcado pra mim. Mas eu, como cristão, professando a minha fé, é aquilo que eu penso. Não ficou nenhum desconforto. Alguns falaram que eu e o Cano tivemos problema. A gente não teve problema. E se a gente teve, a gente resolveu dentro do vestiário”, disse o atleta.

Leandro continuou sua fala, pedindo respeito à sua visão de vida: “Nunca faltou respeito. Eu sou o primeiro a respeitar a instituição, respeitar o torcedor. No momento ali, que eu expus aquilo que acredito, quando eu fui, teoricamente, obrigado a vestir uma camisa, algumas pessoas não gostaram. Mas, eu respeito a todos e acho que eu também devo ser respeitado”, enfatizou.

Com informações de GE 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se