Willy Gregory estreia no mercado gospel

O jovem é filho de Peninha, um dos músicos mais influentes da MPB

Filho de um dos músicos mais influentes da MPB, Aroldo Alves Sobrinho, mais conhecido como Peninha, Willy Gregory acaba de lançar dois singles nas plataformas digitais.

Willy Gregory é o novo nome do cenário gospel brasileiro. Filho do cantor e compositor Peninha, o jovem traz em seu DNA a essência de um grande músico.

Sua estreia no mercado gospel foi marcada pelo lançamento de dois singles. “Aleluia, Pai do Céu”, de sua autoria e “Naquela Cruz”, composição do produtor musical Josué Godói.  As canções já estão disponíveis na Rádio Comunhão.

Formado em economia, ele sempre trabalhou no mercado financeiro e conta que relutou antes de se dedicar a música. Segundo o cantor, foi depois da sua conversão, aos 26 anos, que ele compreendeu que o talento herdado do pai em relação a música era algo vindo de Deus.

Sobre o projeto musical, Gregory define como “um projeto de adoração” e afirma que o seu desejo é que muitas vidas sejam alcançadas através das canções. “A minha intenção é que esse projeto alcance muita vidas, que possa mudar muitas vidas de acordo com a vontade de Deus”, declarou.


Confira a entrevista exclusiva

Comunhão – Sua estreia é com uma canção autoral. Isso significa uma grande responsabilidade ou uma satisfação maior?

Willy Gregory – “Aleluia, ao pai do céu”, esse é um single que Deus me deu. Essa canção fala de um momento que eu olhei no espelho, eu olhei nos meus olhos e eu já não era mais aquela pessoa triste de antes de conhecer Jesus. Tinha vida nos meus olhos e eu falei “Isso é impossível por força humana, só Deus pode fazer uma coisa dessas!”. Uma paz tomou meu coração e tudo que eu conseguia fazer era dar glória a Deus e dizer aleluia. E eu entendi que o evangelho era sério no sentido de transformação e ao mesmo tempo leve, porque eu senti a leveza de Cristo em mim.”

Comunhão – Ser filho do Peninha trás um peso e uma carga artística muito grande. Como você lida com isso?

Willy Gregory – Ser filho do cantor e compositor Peninha é uma grande benção. Desde o começo eu aprendi muito sobre música. Mas, eu não trabalhava com música, eu trabalhava no mercado financeiro. Depois que eu me converti, Deus começou a falar pra mim que Ele tinha colocado aquela música em mim e começou a me explicar, pela Palavra, a questão de hereditariedade. O que eu entendi de Deus foi “Receba as bençãos que vem do seu pai. Esse talento, tudo que ele conquistou, receba e agora use para mim!”


Ouça as canções de Willy Gregory na rádio Comunhão.