24.7 C
Vitória
sexta-feira, 26 fevereiro 2021

Voluntários em testes começam a descobrir se tomaram placebo ou Coronavac

Quem participa da pesquisa é monitorado por um ano para verificar o alcance da imunidade produzida pelo imunizante

Por João Prata (AE)

O grupo de 1,4 mil voluntários que participou do teste da Coronavac no Brasil começou a descobrir, desde quinta-feira, 21, se recebeu as duas doses da vacina contra a covid-19 ou se tomou placebo. Por ser um teste duplo-cego, metade teve aplicada uma dose sem efeito nenhum, e por isso também terá prioridade na vacinação. Todos os participantes são profissionais da saúde.

O ginecologista Hsu Chic Chin, 62 anos, médico formado pela USP, relatou ao Estadão todos os passos de quem participa de um teste. Ele ainda não foi informado se tomou o imunizante e está ansioso pela resposta. “Sou diabético, hipertenso e colesterol alto, já tive enfarte. Estou aguardando com paciência”, disse.

Chin hoje tem uma clínica particular e é chefe de plantão aos domingos no Hospital Leonor Mendes de Barros, na zona leste de São Paulo. “Tomei as duas doses. Não tive efeito nenhum, nada. Vai ver tomei o placebo, vai saber”, contou.

Em um prédio ao lado da enfermaria e da UTI no Emílio Ribas, fica o setor de vacinação. Foi lá que todos esses voluntários se submeteram ao teste da Coronavac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac junto com o Instituto Butantã. O uso emergencial do imunizante no Brasil foi aprovado pela Anvisa no último domingo e possui eficácia de 53,38%.

Chin compareceu pela última vez ao Emílio Ribas há duas semanas para entregar seu diário de anotações, 14 dias após receber a segunda dose da vacina. Antes de tomar a primeira, ele passou por uma consulta de quase quatro horas. Respondeu a um questionário, realizou exame físico, de sangue e também fez o teste do cotonete, o RT-PCR. Em seguida, aplicaram o imunizante. Aguardou por mais duas horas para verificar se teria alguma reação. Passou por nova checagem e foi liberado.

“A cada dois, três dias, recebia mensagem por Whatsapp perguntando como estava me sentindo”, explicou. Diariamente, tinha também que preencher um caderninho com cerca de 20 perguntas: se tinha febre, dor de cabeça, inchaço, diarreia…

Depois de 14 dias, recebeu a segunda dose. Ao chegar no Emílio Ribas, o mesmo processo. Exames, testes, aplicação do imunizante e mais duas horas de observação. Novo exame, e foi liberado. A próxima visita está pré-agendada para o fim de fevereiro. Isso se tiver tomado a vacina. Todos que participam do teste serão monitorados a cada três meses pelos próximos dois anos.

“Esse período corresponde à fase quatro do teste clínico (da Coronavac), que é quando é analisado os efeitos da vacina e sua duração”. Se tiver recebido o placebo, deverá receber a primeira dose da vacina nas próximas semanas.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Irmão Lázaro está internado em estado grave com covid-19

Vereador de Salvador (BA), Irmão Lázaro foi deputado federal pela Bahia, por 4 anos e tem 36 anos de carreira na música gospel. Saiba mais!

Guardado em silêncio: o papel dos cristãos no holocausto

Espetáculo, que aborda papel dos cristãos no holocausto será apresentado 14 vezes, entre março e abril, no formato de teatro online interativo

Deive Leonardo grava primeira série do ano em Florianópolis

Com o tema "Alvorecer", a primeira série gravada de Deive Leonardo promete levar a esperança de um recomeço e de um novo dia. Evento acontece no próximo sábado, 27. Saiba mais!

Itália: Deslizamento em cemitério lança 200 caixões ao mar

Causa do acidente está relacionada à erosão da falésia, que acabou sendo intensificada pelas tempestades que atingem a Itália. Saiba mais!

Igreja de Volta Redonda (RJ) é interditada pela justiça

Igreja Assembleia de Deus, do bairro Laranjal, teve multa de R$ 50 mil fixada. Decisão foi tomada após solicitação do Ministério Público. Saiba mais!

Luiz Sayão, vítima de intolerância: “nunca imaginei”

A Wikipédia censurou o diretor da Faculdade Batista de São Paulo, o pastor e hebraísta Luiz Sayão, supostamente por não evidenciar “notoriedade” e “relevância”. Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Voluntariado no exterior para jovens universitários; Saiba mais!

Organização IYF abre inscrições de voluntariado no exterior para jovens universitários A Organização International Youth Fellowship- IYF(comunhão internacional de jovens), é uma organização com base...

Franklin Graham no Brasil para o “Esperança Rio 2021”

Lançamento do "Esperança Rio 2021" será em Maio e em dezembro a ação evangelística, que terá participação do evangelista Franklin Graham. Saiba mais!

Deive Leonardo ministra em São Paulo fim de semana

O evangelista Deive Leonardo retorna com suas apresentações na capital Paulista nesta sexta-feira, 19 e neste sábado, em Barueri (SP). Saiba mais!

Começou a 23ª edição da Consciência Cristã; Saiba mais!

Consciência Cristã inicia hoje e reúne evangélicos para debater educação, fé, ciência e justiça social. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Deive Leonardo grava primeira série do ano em Florianópolis

Com o tema "Alvorecer", a primeira série gravada de Deive Leonardo promete levar a esperança de um recomeço e de um novo dia. Evento acontece no próximo sábado, 27. Saiba mais!

Cantora Amanda Wanessa sai da UTI

Pelas redes sociais, o marido da cantora, Dobson Santos contou que Amanda Wanessa foi transferida para o quarto: “o milagre está cada vez mais perto”, declarou. Saiba mais!

Deive Leonardo vai se apresentar em Brasília e Goiânia

O evangelista se apresenta na próxima terça-feira, 16, em Brasília e em Goiânia, prometendo trazer importantes reflexões para o público. Saiba mais!

André Valadão: Humor para explicar temas polêmicos da Bíblia

Conhecido por sua forma extrovertida de ministrar, o cantor e pastor André Valadão tem usado sua conta no instagram para tirar dúvidas de internautas sobre temas polêmicos