23.9 C
Vitória
sábado, 27 novembro 2021

Vírus semelhante ao Ebola causa primeira morte

O Marburg causa febre, fraqueza e frequentemente levando a sangramento interno ou externo, falência de órgãos e morte

Por Marlon Max

Autoridades de saúde da República da Guiné confirmaram a primeira morte ligada ao vírus de Marburg. Trata-se do primeiro óbito causado pelo vírus na África Ocidental. O caso na Guiné foi identificado na semana passada. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), o paciente infectado vivia na mesma região onde houve um surto de ebola no começo deste ano, já controlado, e que resultou em 12 mortes.

A doença, altamente contagiosa e com elevada taxa de mortalidade, é provocada pelo vírus da mesma família do vírus que causa o ebola. Ela é transmitida às pessoas por morcegos frugívoros e se espalha entre humanos por meio da transmissão de fluidos corporais e superfícies.

Autoridades de saúde tentam agora encontrar pessoas que possam ter estado em contato com o homem que morreu. Quatro contatos de alto risco, incluindo um profissional de saúde, já foram identificados, além de 146 outros que poderiam estar em risco, disse a especialista Dra. Krutika Kuppalli, que tem acompanhado o caso.

Surtos da doença já foram registrados em países como República Democrática do Congo, Quênia, África do Sul e Uganda. O último grande surto ocorreu em Angola em 2005, quando o vírus matou mais de 200 pessoas.

“Amostras retiradas de um paciente já falecido e testadas em um laboratório de campo em Gueckedou, bem como pelo laboratório nacional de febre hemorrágica da Guiné, deram positivo para o vírus de Marburg. Uma análise posterior do Institut Pasteur no Senegal confirmou o resultado”, explica a OMS em entrevista à CNN.

Vírus e origem

marburg_
Representação da estrutura genética do vírus de marburg.
Foto: reprodução

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença do vírus de Marburg é uma doença altamente virulenta que causa febre hemorrágica, com uma taxa de mortalidade de até 88%. É da mesma família que o vírus que causa a doença do vírus Ebola. Dois grandes surtos que ocorreram simultaneamente em Marburg e Frankfurt, na Alemanha, e em Belgrado, Sérvia, em 1967, levaram ao reconhecimento inicial da doença.

O surto foi associado a trabalhos de laboratório com macacos verdes africanos importados de Uganda. Posteriormente, surtos e casos esporádicos foram relatados em Angola, República Democrática do Congo, Quênia, África do Sul — em uma pessoa com história recente de viagens ao Zimbábue e Uganda. Em 2008, dois casos independentes foram relatados em viajantes que visitaram uma caverna habitada por colônias de morcegos Rousettus em Uganda.

Segundo a OMS, a infecção humana com a doença do vírus de Marburg resulta inicialmente da exposição prolongada a minas ou cavernas habitadas por colônias de morcegos Rousettus. Depois que um indivíduo é infectado com o vírus, o Marburg pode se espalhar através da transmissão de pessoa para pessoa por contato direto (através de pele rachada ou membranas mucosas) com o sangue, secreções, órgãos ou outros fluidos corporais de pessoas infectadas e com superfícies e materiais (por exemplo, roupa de cama, roupas) contaminados com esses fluidos.

Com informações OMS e CNN

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se