MG – Veja onda de lama após o rompimento da barragem

Foto: Reprodução

Tragédia, que hoje completa uma semana, matou 110 pessoas. Pelo menos 238 pessoas estão desaparecidas. Imagens inéditas mostram o tsunami de barro após rompimento da barragem, em Brumadinho (MG). 

Uma semana após a tragédia em Brumadinho (MG), em que uma barragem se rompeu, a esperança de encontrar sobreviventes é pouco. Até agora 110 pessoas morreram e 238 estão desaparecidas.

Nesta sexta (01), foram divulgadas imagens inéditas que mostram o momento logo após a barragem da Vale se romper, no início da tarde da última sexta-feira (25). Uma câmera fixa no alto da Mina Córrego do Feijão mostra o “tsunami” de lama, minério e rejeitos avança rapidamente, engole veículos, máquinas, trem, prédios e encobre toda a mina.

O relógio da câmera marcava 12h28 e 31 segundos. Primeiro, aparece uma poeira do lado esquerdo, que vai subindo e se alastrando. Depois começa a aparecer a lama. No centro, uma estrutura da Vale, veículos e alguns funcionários. Um veículo branco e uma máquina tentam escapam, mas são cercados pelo “mar de lama” e somem.

As imagens foram cedidas pela Vale às autoridades que investigam o rompimento da barragem em Minas.

Veja

Números da tragédia

110 mortos confirmados – 71 identificados
238 desaparecidos
192 resgatados
394 localizados
108 desalojados ou desabrigados


Leia mais

MG – Barragens terão que ser eliminadas
Plano de contingência para caso de novos rompimentos
Presos engenheiros que atestavam segurança na barragem