18.9 C
Vitória
quinta-feira, 29 julho 2021

Venezuela tem surto de covid-19 antes da estreia na Copa América

Adversária do Brasil no domingo (13), seleção da venezuelana tem surto de covid com 12 casos confirmados

Por Samantha Dias

A Federação Venezuelana de Futebol (FVF) confirmou, dois dias antes de estrear na Copa América contra a seleção brasileira, um surto de covid, com 12 casos positivos nos integrantes da delegação que está no Brasil.

A competição começa neste domingo (13), a partir das 18h, com Brasil e Venezuela se enfrentando no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. A seleção do país vizinho já havia deixado de fora da lista Wilker Ángel e Rolf Feltscher, que testaram positivo antes da viagem. O capitão Tomás Rincón, com quadro viral, segue em isolamento em Caracas.

Além desses casos, Juan Otero, atleta do Santos Laguna-MEX, não foi chamado para integrar a seleção colombiana. Na Argentina, o goleiro Franco Armani, que já tinha sido desfalque nas Eliminatórias, continua testando positivo. Apesar de estar assintomático e poder participar da competição de acordo com o regulamento da Conmebol ele ficará de fora desse início do torneio.

Brasil e Venezuela estão no Grupo B. Além deles, Colômbia e Equador também jogam nessa chave às 21h. A seleção peruana é a quinta integrante do grupo e folga na primeira rodada. No grupo A, Argentina e Chile jogam na segunda-feira (14), a partir das 18h. Paraguai e Bolívia fecham a rodada às 21h. Uruguai folga na rodada inicial.

Com informações da Agência Brasil 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se