24 C
Vitória
sexta-feira, 14 agosto, 2020

Venezuela: Caos, fé e esperança

Leia também

Eleições 2020: Servidores públicos têm até amanhã (15) para se afastar de cargos

Profissionais das categorias citadas têm de pedir afastamento para poder concorrer a prefeito ou vereador

Com reação à pandemia, alta dos desembolsos do BNDES é a maior desde 2009

Na comparação dos desembolsos trimestrais com iguais períodos de anos anteriores, sempre corrigindo pela inflação, a alta de 61,6% foi a maior desde o terceiro trimestre de 2009

Números da covid-19 melhoram em SP, e secretário vê ‘luz no fim do túnel’

De acordo com Gorinchteyn, ainda é preciso acompanhar a evolução dos dados, mas os números registrados até aqui indicam uma mudança positiva para o Estado

Três milhões de venezuelanos já procuraram refúgio em países vizinhos, a inflação passa de um milhão por cento ao ano e a crise política se intensificou. ONU pode providenciar recursos para a população

A organização não governamental Human Rights Watch alertou nesta quarta (4) que a conjunção de fatores, como falta de comida e escassez de alimentos, gera na Venezuela uma “emergência humanitária complexa”. Segundo a entidade, a Organização das Nações Unidas (ONU) deve dar uma “resposta forte”.

O relatório “A emergência humanitária na Venezuela: uma resposta em grande escala da ONU é necessária para enfrentar a crise de saúde e alimentos”, de 73 páginas, elaborado por especialistas e médicos da Faculdade de Saúde Bloomberg Public, da Universidade Johns Hopkins, e da Human Rights Watch, reúne uma série de detalhes sobre a situação no país.

“Por mais que eles tentem, as autoridades venezuelanas não podem esconder a realidade do país”, disse Shannon Doocy, PhD e professor associado de Saúde Internacional na Escola Bloomberg de Saúde Pública, da Universidade Johns Hopkins, que conduziu a investigação.

No estudo, há informações sobre os níveis de mortalidade materna e infantil, surtos de doenças que poderiam ser prevenidas com a vacinação, como o sarampo e a difteria, e aumentos drásticos na transmissão de doenças infecciosas, como a malária e a tuberculose.

“O colapso absoluto do sistema de saúde da Venezuela, combinado com a escassez generalizada de alimentos, está exacerbando o calvário que os venezuelanos estão vivendo e colocando mais pessoas em risco. Precisamos da liderança da ONU para ajudar a acabar com esta grave crise e salvar vidas”, apelou Doocy.

Em março, a Federação Internacional da Cruz Vermelha anunciou que aumentaria sua presença na Venezuela para cobrir as necessidades de 650.000 pessoas. Dados não oficiais indicam que aproximadamente 7 milhões de venezuelanos precisam de ajuda.

Venezuelanos em busca de água e comida. Foto: Reprodução

Miséria e impotência

Maior parte do tempo dos venezuelanos é gasta resolvendo como obter água e comida. Os cristãos muitas vezes se sentem impotentes porque, embora eles vejam a necessidade, eles não têm recursos para ajudar a população.

“Estamos no momento mais crítico da Venezuela, mas é a melhor oportunidade para compartilhar Cristo. Mas confiamos em Deus”, declara Francisco, pastor da região central da Venezuela. “É claro que é possível ter fé e esperança. Esses conflitos no país aumentam ainda mais nossa fé em Deus e em sua palavra. A Venezuela será restaurada no que acreditamos!” acrescentou uma pastora venezuelana que preferiu não ser identificada.

Programas da Igreja Batista estão em vigor desde o ano passado para ajudar famílias pastorais com itens básicos através do Projeto RaVenz, que ajuda mensalmente os centros de alimentação das igrejas e conseguiu fornecer 300 mil refeições por mês no final de 2018.

Foto: Reprodução

Em setembro de 2017, parceiros do Ministério Batista de ajuda humanitária passaram uma semana na fronteira entre a Venezuela e a Colômbia, treinando 51 líderes venezuelanos e colombianos para o desenvolvimento da comunidade. Este e outros treinamentos foram cruciais para que os pastores conseguissem enfrentar os tempos sombrios na Venezuela.

“O maior sonho de todo venezuelano é que a Venezuela ressurja, seja restaurada e que cada um viva com confiança em Deus, podendo dar um futuro melhor a seus filhos, através do trabalho, esforço. Queremos que as famílias se unam e que todo ódio seja dissipado pelo amor de Deus em cada coração”, concluiu a pastora.


Leia mais

Venezuela – Deus vai trazer à glória ao nosso país
Venezuela – Cristãos oram e pedem paz
3 milhões de venezuelanos deixaram o país desde 2015
Igreja acolhedora para venezuelanos

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

2ª Jornada virtual de estudos em direito e religião

O tema da jornada virtual será Cristãos e o poder: equilíbrio possível? Evento virtual será realizado entre os dias 17 a 21 de agosto

Canta Recife Experience com Rodolfo Abrantes e esposa

O Canta Recife Experience é o primeiro evento drive-in cristão do Nordeste. Saiba mais!

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Plugue-se

EP Leidy Murilho acústico em todas as plataformas

O EP Acústico de Leidy Murilho pode ser conferido em todas as plataformas digitais Leidy Murilho acaba de lançar seu EP Acústico, com 3 canções....

Arianne: carreira, essência e propósito

Arianne, que tem 11 anos de carreira, ficou ainda mais conhecida no Brasil pelo projeto "Como contavam nossos pais", que resgata clássicos da música cristã 

Quarteto Gileade alcança 100 mil inscritos no Youtube

O prêmio do YouTube foi conquistado no mês de abril e, atualmente, o canal Quarteto Gileade conta com 125 mil inscritos

Em testemunho de fé, ex miss-universo, Dayana Mendoza se batiza

Dayana Mendoza revelou que encontrou em Jesus as respostas que precisava para sua vida