Os vencedores da 4ª edição do Festival Eagle

Foto: Jônatas Rabello

Uma dupla de irmãs e uma cantora foram vencedoras da 4ª edição do Festival Eagle de Música gospel no ES. E já estão abertas as inscrições para a 5ª edição no Rio de Janeiro

Três cantoras levaram o troféu da quarta edição do Festival Eagle de música gospel neste fim de semana, em Cariacica (ES). Entre os 47 candidatos que concorreram no festival, as contempladas foram a dupla, Isabela e Larissa, da Serra (ES) e Amanda de Sá, de Vila Velha (ES).

“Foi incrível, inacreditável ganhar esse festival. Foi uma experiência fantástica. Estávamos orando a esse respeito e quando veio o resultado ficamos surpresas. E parece que ainda não caiu a ficha”, comemorou Isabela Maia, que faz dupla com a irmã, Larissa Maia.

A cantora Amanda de Sá, que já tem uma carreira consolidada na música, também comentou a vitória. Disse que já esperava o resultado. “Estava segura com minhas habilidades e experiência que o preparo me trouxe e me forjou. Esperava essa vitória, pois a história é longa, tem todo um contexto profético. Estava confiante que iria vencer, vivendo a fé!

Além do troféu, as vencedoras foram premiadas com uma produção e distribuição digital de três músicas pela Sony, uma das maiores gravadoras do mundo, além de videoclipe e assessoria especializada pela Eagle Produções para todo o lançamento.

O Festival e os novos talentos

Esta foi a quarta edição do evento. As outras aconteceram em Brasília (DF), Belo Horizonte (MG) e Goiânia (GO). O objetivo é descobrir e promover talentos do segmento gospel no Brasil. Por onde passa, o festival tem sido um sucesso.

“É sempre uma oportunidade conhecer novos talentos e novas promessas da música. O Espírito Santo foi muito bem representado. Já há uma tradição de música gospel no Estado e o festival Eagle nos ajudou a conhecer um pouco mais do que pode vir pela frente, pois tem muita gente talentosa. O festival vem se consolidando cada vez mais como um bom atalho entre o artista e a gravadora, e também um celeiro de artistas e potenciais talentos com carreiras de futuro”, explicou Maurício Soares, gerente da Sony, selo gospel.

Desde a sua primeira edição até hoje foram vários cantores descobertos através de audições. E no ES, que traz em seu berço grandes talentos vocais, não foi diferente.

“Foi uma noite muito especial. Nós vimos que o Estado do ES tem pessoas talentosas, nomes que, se continuarem trabalhando, podem despontar para o mercado nacional de música gospel”, declarou Heverton Fernandes, idealizador do Festival Eagle.

Em cada festival, uma característica diferente. “Em cada lugar que vamos é uma diferença incrível. Há uma carência por artistas mais jovens no ES, ao contrário dos outros estados que isso é mais evidente. Outra característica que percebi foi quanto à escolha de repertório. Muitos optaram por músicas não tanto atuais. Mas em termos digitais, todas as plataformas estão aí disponíveis para que as pessoas tenham acesso a elas para terem uma referência mais atual.

As vencedoras

A cantora Amanda de Sá começou a cantar aos três anos de idade. Durante a adolescência fez parte do projeto trio de vozes, dirigido pela mãe e composto também por seus dois irmãos, conhecido como “Trio Satisfação”. Estudou violão e guitarra ainda na igreja. Tomou gosto pela música e aprendeu outros instrumentos.

Em Setembro de 2007 lançou o seu primeiro álbum “Amo ao Senhor”. E em maio de 2011 lançou “Resposta”, seu segundo álbum. E em 2016 lançou “Deixa a Menina Sonhar”. Fez participação em vários trabalhos profissionais no Estado, como jingles políticos e propagandas.

Agora assinou contrato com a Sony e quer expandir ainda mais a sua música. “Minha expectativa é conseguir escalar minhas músicas para o Brasil e para o mundo, trazendo a essência do evangelho em suas letras e qualidade musical na produção. Além de muita inspiração e criatividade divina”, declarou.

As gêmeas Larissa e Isabela Maia, como ficaram conhecidas, começaram a cantar também na infância. Aos seis anos participaram de um concurso musical. “Lembro que cantamos a música ‘Aos olhos do Pai’, mas não foi para concorrer. Mas quando completamos 9 anos começamos a viajar para cantar em outras igrejas”, contou.

Na adolescência, a dupla começaram a compor músicas e já com sonho de gravá-las. Hoje elas têm uma banda que as acompanha nas apresentações. Quando surgiu a oportunidade do Festival, elas não perderam tempo. Se inscreveram e prepararam o repertório.

“Nós tivemos um minuto na audição e ficamos felizes em passar para a final. Foi difícil escolher as músicas porque sabíamos do nível de pessoas que estavam participando do festival. Nossa ideia foi colocar a nossa identidade na música que apresentamos. Nós chegamos a participar de um festival de uma outra gravadora, mas não chegamos a ficar nem entre os 10. Aprendemos e desta vez nos preparamos melhor”, declarou.

5ª edição

Já estão abertas as inscrições para a quinta edição do Festival de Música Gospel Eagle, que será realizada no Rio de Janeiro. As audições acontecem em setembro. Veja abaixo os locais das audições. A grande final será no dia 21 de novembro.

Local das audições:
14 de setembro – 14h – ADVEC/ São Gonçalo – RJ
15 de setembro – 14h – Igreja Cristã Ministério Ressurreição/ Niterói – RJ
17 de setembro – 19h30 – Assembleia de Deus dos Últimos Dias, São João do Meriti – RJ
20 de setembro – 19h30 – ADVEC/ Rio de Janeiro – RJ
Informações e inscrições: clique aqui
Siga o perfil do evento no Instagram
Leia mais

Festival de Música Eagle: celeiro de bons músicos