26 C
Vitória
terça-feira, 25 janeiro 2022

Velhos conselhos para um novo ano

Mais Artigos

“A Bíblia, além de ser a eterna revelação de Deus para nós, é também uma fonte inesgotável de sabedoria para o dia a dia”

 Por Carlos Marcelo A. Souza

Nesse período de festas de final de ano, é quase sempre a mesma coisa: reservamos um tempo, mesmo que por alguns minutos, para traçar planos para o novo ciclo que se inicia. Costumamos fazer uma lista, nem que seja mental, imaginando o que gostaríamos de fazer, ter e ser nos próximos 365 dias. O problema é que, entra ano e sai ano, pouca coisa acontece, e sequer nos damos conta da lista que passou ou da vida que não mudou. Alvos espirituais e familiares, sonhos pessoais e profissionais se repetem, e as vezes só refletem a mesma realidade.

A Bíblia, além de ser a eterna revelação de Deus para nós, é também uma fonte inesgotável de sabedoria para o dia a dia. Traz conselhos tão antigos que acabam sendo esquecidos. Mas que são profundamente atuais e também extremamente úteis para as mais diversas ocasiões, incluindo um tempo como esse. Portanto, se você quer avançar em 2022, preste muita atenção as seguintes recomendações bíblicas:

1.Avalie com sinceridade: Não podemos olhar para o futuro ignorando as lições do passado. O que você fez de significativo em 2021? Quais foram seus acertos e erros? E sobretudo: como cuidou de sua vida interior? Peça ajuda divina nessa avaliação, pois “Todos os caminhos do homem são puros aos seus olhos, mas o Senhor pesa o espírito.” Pv 16.2

2.Planeje com responsabilidade:  Propósitos sem planos são apenas fantasias ou ilusões. Se você tem um objetivo precisa traçar o caminho, levantar os recursos e prever os desafios. Em resumo: faça as contas, como advertiu Jesus: Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar? ” Lc 14.28

3.Trabalhe com Intensidade: Deus nos deu muitos recursos, talentos naturais e dons espirituais, e espera que façamos bom uso deles. Não basta pedir-lhe o que desejamos, É preciso buscar até achar e bater nas portas até que se abram (Mt 7.7-8). Como explicou o rei Salomão: O que trabalha com mão displicente empobrece, mas a mão dos diligentes enriquece”. Pv 10.4

4.Pratique a flexibilidade: Mantenha-se aberto a mudanças. Tanto nos objetivos, quanto nas estratégias para atingí-los. Ao longo do ano você pode descobrir e corrigir erros, o que pode fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso: “O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia”. Pv 28.13

5.Construa parcerias: Todo projeto significativo ou ação relevante, tem a contribuição de muitas mãos. Até o filho de Deus, que poderia fazer tudo sozinho, escolheu doze parceiros a fim de compartilhar sua missão e multiplicar seu impacto. Portanto, seja humilde, e procure toda ajuda necessária: “Quando não há conselhos os planos se dispersam, mas havendo muitos conselheiros eles se firmam”. Pv 15.22

E como cabe a todo cristão, dependa de Deus do início ao fim. Não só de mais um ano, mas ao longo de toda sua vida: “Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará”. Sl 37.5

Feliz 2022, 2023, 2024…

Carlos Marcelo A. Souza é Pastor auxiliar na PIB em Jardim Camburi e autor do livro “Marcas que Transformam”.

- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Entrevistas