27.5 C
Vitória
terça-feira, 26 janeiro 2021

Veja os 10 remédios mais consumidos sem receita

Medicamentos sem prescrição e tão comuns no dia a dia da população, como a Neolsadinas para lidar com a dor de cabeça, podem trazer também prejuízos para a saúde, caso sejam utilizados sem a devida orientação médica. Os riscos vão desde alergias intensas a agitação, delírios e, em alguns casos, falência do órgão ou morte do paciente.

Na lista de 10 remédios populares, do livro “Tarja Preta: Os Segredos que os Médicos Não Contam Sobre os Remédios que Você Toma”, está o Tylenol, usado para dor e febre. “O problema é a dosagem acima de quatro gramas por dia”, diz o clínico-geral Eurico Schimidt. O uso em excesso pode sobrecarregar o fígado e até falência dos órgãos.

Outro remédio popular e também, em tese, inofensivo é o Omeprazol, usado para dor no estômago por lesões em mucosas. O problema maior é no seu uso incorreto. “Se parar de usar de uma vez, pode dar hiperacidez. Tem que tirar o uso aos poucos. E se usado sempre, pode inibir a absorção de vitamina B12, o que pode levar à demência”, explica Schimidt.

Outro na lista dos mais consumidos sem prescrição, embora sua receita seja exigida para venda, é o Amoxil, usado no combate a bactérias. O seu consumo em excesso pode levar ao efeito contrário do pretendido inicialmente, com a proliferação de bactérias mais resistentes no corpo.

Idades
Os médicos alertam também para a necessidade de se atentar para a idade do paciente. Um remédio bom para um adulto pode ter efeito devastador em crianças.

“Já vi criança tomando Novalgina (Dipirona) e isso a longo prazo baixar as plaquetas do sangue dela”, exemplifica o nefrologista Michel Assbu.

No final das contas, com necessidade ou não de receita médica, a orientação de um profissional é essencial. “A melhor coisa é não ter automedicação. E a medicina não pode ser feita com irresponsabilidade. Não pode dar só uma olhadinha, tem que examinar, conversar e saber o passado”, defende.

Os mais populares

1 Tylenol
Para que serve: Dor e febre. Efeitos indesejados: O excesso do uso sobrecarrega o fígado e causa até falência do órgão. A mistura do Tylenol com anti-inflamatório, por exemplo, pode provocar overdose acidental.

Limite de consumo: 4 gramas por dia.

2 Neosaldina
Para que serve: Dor e febre. Efeitos indesejados: Reduz a quantidade de células do sangue, pode causar choque anafilático (reação alérgica grave que obstrui a respiração e pode matar) e diminui a capacidade de o corpo liberar endorfina – o nosso analgésico natural. Limite de consumo: 4 gramas por dia.

3 Dorflex
Para que serve: Dor muscular. Efeitos indesejados: Boca seca, alterações nos batimentos do coração, tremor, agitação, delírio e coma são alguns dos efeitos. A superdosagem é tóxica e pode matar. Limite de consumo: 4 gramas por dia.

4 Aspirina
Para que serve: Dor e febres leves. Efeitos indesejados: Oito comprimidos já podem causar choque cardiovascular e insuficiência respiratória. Doses altas aumentam o risco de acidez no sangue e baixa de glicose. Em diabéticos, o uso indiscriminado pode causar hipoglicemia. Combinada com outro anti-inflamatório ou álcool, eleva chance de úlcera e sangramentos no estômago e intestino. Limite de consumo: 4 gramas por dia.

5 Salonpas
Para que serve: Dores musculares.
Efeitos indesejados: O risco existe se o paciente toma algum tipo de anticoagulante, como para diabetes, se é alérgico a Aspirina, se tem problema nos rins ou fígado. Limite de consumo: Trocar em, no máximo, 24 horas após a aplicação.

6 Eno
Para que serve: Queimação no estômago. Efeitos indesejados: Dois envelopes contêm 1,7 grama de sódio quase a recomendação máxima diária de consumo que é 2 gramas. Ou seja, um risco para quem tem pressão alta e problemas no coração. O excesso pode sobrecarregar os rins e os pulmões. Limite de consumo: Muito pontual, para usar uma vez, no máximo.

7 Omeprazol
Para que serve: Dor no estômago por lesões das mucosas. Efeitos indesejados: Age na diminuição do suco gástrico, aumenta o risco de infecções e dificulta a absorção de nutrientes pelo organismo. O uso por muito tempo pode reduzir os níveis de magnésio, causando problemas cardíacos. Limite de consumo: No máximo uma vez por dia, mas depende das versões do remédio, que pode ser venoso também.

8 Neosoro
Para que serve: Desentupir o nariz. Efeitos indesejados: O uso frequente faz com que o corpo acostume com a medicação e exija quantidade maior do produto. Além de rinite medicamentosa, pode aumentar a pressão sanguínea e trazer problemas de coração. Limite de consumo: Uso também pontual, com intervalo de 6 horas por no máximo 2 dias.

9 Torsilax
Para que serve: Dores musculares.
Efeitos indesejados: Anti-inflamatórios de forma geral podem atacar as mucosas do trato digestivo, causando náusea, vômito, diarreia, cólicas abdominais, úlcera e sangramento gastrointestinal. Limite de consumo: Só use por recomendação.

10 Amoxil
Para que serve: Combate de bactérias. Efeitos indesejados: Pode levar à proliferação de bactérias resistentes, chamadas de superbactérias. Limite de consumo: O intervalo mínimo é de 12 horas, e o uso deve ser o menor possível, só enquanto durar a infecção.

Fonte: Gazeta Online – Livro “Tarja Preta os Segredos que os Médicos Não Contam Sobre os Remédios que Você Toma” e clínico-geral Michel Assbu

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Os passos para vencer a ansiedade pré-vacina

No Brasil, cerca de 13,3 milhões de pessoas foram diagnosticadas com ansiedade. Saiba quais os passos para vencer isso e focar no trabalho em 2021. Saiba mais!

As 5 tendências em saúde para 2021

Os insights sobre esse comportamento forneceram uma análise das propensões que estarão em crescimento nos próximos 12 meses

PGR pede que Witzel preste explicações sobre suposta ameaça

Wilson Witzel usou as redes sociais para se manifestar. Ele afirmou que apenas exerceu seu 'direito sagrado de defesa'

Juiz manda Saúde esclarecer ‘feijões mágicos’, de pastor Valdemiro

Pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus sugere uso das sementes de feijões para combater a covid-19. Saiba mais!

Clínicas particulares devem seguir plano de imunização

A Covaxin obteve no sábado, dia 2, recomendação de uso emergencial na Índia, mas os dados sobre a sua eficácia ainda são desconhecidos

Doenças psicossomáticas crescem na pandemia

Durante a pandemia, várias doenças psicossomáticas tiveram incidência maior, principalmente as que parecem com os sintomas da covid-19. Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Encontro para a Consciência Cristã em fevereiro; Saiba mais!

Pela primeira vez em mais de duas décadas, o tradicional encontro para a Consciência Cristã será realizado online.

The Send online será neste sábado, 9

Um dos maiores eventos de louvor, adoração evangelismo no mundo, o The send, costuma reunir milhares de pessoas. Saiba mais!

Passion Conference no último dia do ano; Saiba mais!

O cantor Fernandinho é o único artista brasileiro a participar da Passion Conference. Saiba mais!

Aulas criativas e transformadoras sobre a Bíblia

Para quem ensina a Bíblia, mas tem dificuldade no preparo das aulas, um workshop gratuito será apresentado pelo pastor Lécio Dornas, em janeiro. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Glorify, o app para meditações e devocional diário

Criado em 2019 na Inglaterra, o app Glorify acaba de chegar ao Brasil na versão em português. Trata-se de um app voltado para reflexões, meditações guiadas, orações e passagens bíblicas.

Fé na caminhada cristã! Fernandinho batiza os filhos

Ao lado do pastor Rodrigo Oliver, Fernandinho batizou seus filhos neste domingo, 17 e escreveu no instagram: "Um dos melhores dias das nossas vidas", escreveu o artista.

Vietnã ganha a primeira Biblioteca pública cristã

Vietnã ocupa a 19 colocação na Lista Mundial da Perseguição de 2021, da Portas Abertas. Saiba mais!

“A Deus seja a glória”, Nani Azevedo sai do hospital

Internado há vários dias por complicações de covid-19, o cantor Nani Azevedo recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira, 15.