26.7 C
Vitória
segunda-feira, 1 março 2021

‘Vacina ser obrigatória é algo que já estava decidido’, diz Mourão

Na quinta-feira, 17, a maior parte dos ministros do Supremo foi a favor da vacinação obrigatória, sem que isso signifique uma imunização à força

Por Emilly Behnke (AE)

Na mesma linha de entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), o vice-presidente Hamilton Mourão avaliou nesta sexta-feira que a obrigatoriedade da vacina contra a covid-19 já estava “definida há muito tempo”. Segundo ele, é “normal” que medidas restritivas possam ocorrer no futuro, a exemplo de outros imunizantes, como a febre amarela. Ele criticou, contudo, a “agitação” em torno do assunto.

“Essa questão da vacina o presidente (Jair Bolsonaro) desde o começo colocou que ninguém vai agarrar ninguém para vacinar. Então, a vacina ser obrigatória é algo que já estava decidido há muito tempo, mas vai ter gente que não vai se vacinar”, disse na chegada à vice-presidência pela manhã.

Na visão dele, uma vez que a vacina seja disponibilizada para todos, medidas poderão ser aplicadas cobrando a vacina como requisito para certas atividades. “Depois que a gente conseguir disponibilizar a vacina para toda a população poderão em algum momento ocorrer medidas até de… como é o caso, por exemplo, da vacina para febre amarela, você só viaja para determinadas regiões tendo sido vacinado”, comentou.

Na quinta-feira, 17, a maior parte dos ministros do Supremo foi a favor da vacinação obrigatória, sem que isso signifique uma imunização à força. Na prática, Estados e municípios terão autonomia para definir sanções contra quem não tomar a vacina, desde que sejam medidas razoáveis e amparadas em leis.

“No próprio serviço público, vou dizer aqui, nas Forças Armadas para ingressar tem que apresentar certificado de algumas vacinas Então, isso poderá ocorrer no futuro, mas é uma coisa normal isso aí. O que está sendo feito é muita agitação em torno de algo que já é normal na nossa vida”, declarou o vice.

Questionado, Mourão evitou responder se a falta de imunizantes para toda a população, prevista por Bolsonaro, poderá atrasar o retorno à normalidade. Ele destacou previsão do Ministério da Saúde de imunizar 150 milhões de brasileiros no ano que vem. O vice-presidente também reforçou que tomará o imunizante desde que seja “eficaz e seguro”. “Não (tomarei) uma daquela que depois eu vá passar mal, eu sou velhinho não pode dar mole não, pô”, brincou.

Mais uma vez, o vice-presidente defendeu aguardar até que as vacinas estejam disponíveis no País. “Uma coisa é clara, a vacina já tem, é só chegar. Vamos olhar o seguinte, nenhuma dessas empresas que estão fabricando a vacina pediram o registro aqui no Brasil, nem emergencial nem definitivo, estamos aguardando”, disse.

Mourão também comentou o discurso pacificador feito pelo presidente Jair Bolsonaro no evento de lançamento do plano nacional de vacinação na última quarta-feira, 16. No dia, o chefe do Executivo minimizou “excessos” ocorridos durante a pandemia, pregando união entre o Executivo e os governadores. “O presidente tem uma sensibilidade muito grande, às vezes vocês podem achar que não, mas ele tem essa sensibilidade”, observou Mourão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Mourão: governo está tentando aos poucos aproximação para privatizar Eletrobras

O governo federal publicou, em edição extra do Diário Oficial da União, texto da Medida Provisória 1.031, que trata da desestatização da estatal de...

Julgamento sobre depoimento de Bolsonaro está na pauta da semana no STF

O caso foi pautado depois que o ministro Alexandre de Moraes pediu "urgência' na análise pelo colegiado Por Rayssa Motta (AE) O plenário do Supremo Tribunal...

Doria: se faltar vacina, SP comprará mais 20 mi de doses para ‘brasileiros de SP’

A contratação, conforme afirmou o governador, está sob custo e responsabilidade do governo estadual Por Matheus de Souza e Pedro Caramuru (AE) O governador do Estado...

Lula: com direitos políticos, posso ser candidato para derrotar o bolsonarismo

O Supremo Tribunal Federal (STF) declare a suspeição do ex-juiz Sérgio Moro e devolva seus direitos políticos Por Redação (AE) Condenado na Operação Lava Jato, o...

Prefeitura de SP estuda ampliar atendimento para variantes do novo coronavírus

Além da expansão do atendimento no hospital de Pirituba, outros locais com atendimento exclusivo à covid-19 podem receber os infectados com a nova cepa Por...

Doria anuncia vacinação de pessoas em situação de rua com mais de 60 anos

Doria justificou a medida dizendo que essas são as pessoas mais vulneráveis. Por Giovana Girardi (AE) O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta sexta-feira,...

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Voluntariado no exterior para jovens universitários; Saiba mais!

Organização IYF abre inscrições de voluntariado no exterior para jovens universitários A Organização International Youth Fellowship- IYF(comunhão internacional de jovens), é uma organização com base...

Franklin Graham no Brasil para o “Esperança Rio 2021”

Lançamento do "Esperança Rio 2021" será em Maio e em dezembro a ação evangelística, que terá participação do evangelista Franklin Graham. Saiba mais!

Deive Leonardo ministra em São Paulo fim de semana

O evangelista Deive Leonardo retorna com suas apresentações na capital Paulista nesta sexta-feira, 19 e neste sábado, em Barueri (SP). Saiba mais!

Começou a 23ª edição da Consciência Cristã; Saiba mais!

Consciência Cristã inicia hoje e reúne evangélicos para debater educação, fé, ciência e justiça social. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Natthália Gonçalves e sua admiração pelas histórias bíblicas

A atriz mirim, Natthália Gonçalves interpreta a personagem Chaya, na novela Gênesis, que é exibida pela TV Record

Deive Leonardo grava primeira série do ano em Florianópolis

Com o tema "Alvorecer", a primeira série gravada de Deive Leonardo promete levar a esperança de um recomeço e de um novo dia. Evento acontece no próximo sábado, 27. Saiba mais!

Cantora Amanda Wanessa sai da UTI

Pelas redes sociais, o marido da cantora, Dobson Santos contou que Amanda Wanessa foi transferida para o quarto: “o milagre está cada vez mais perto”, declarou. Saiba mais!

Deive Leonardo vai se apresentar em Brasília e Goiânia

O evangelista se apresenta na próxima terça-feira, 16, em Brasília e em Goiânia, prometendo trazer importantes reflexões para o público. Saiba mais!