19.9 C
Vitória
quarta-feira, 25 maio 2022

Uzbequistão: polícia revista escolas em busca de material religioso

Foto: Reprodução

Os telefones, principalmente de estudantes do Ensino Médio, foram vasculhados pelos policiais com o objetivo de encontrar conteúdo “ilegal”

Por Patricia Scott 

No Uzbequistão, uma fonte local da agência missionária Missão Portas Abertas, informa que policiais à paisana costumam ir às escolas em busca de materiais que possam ser considerados de caráter religioso. Os homens vasculham os telefones, principalmente de estudantes do Ensino Médio. O objetivo era verificar se havia conteúdo cristão nos aparelhos. Vale destacar que o país fica localizado na Ásia Central, que tornou-se reduto do do islamismo radical. 

As ações realizadas pelas agências de aplicação da lei deixaram muitos pais indignados. Isto porque sem o consentimento dos menores e dos responsáveis, a polícia invadiu a privacidade dos jovens. A iniciativa deixa claro que a polícia é bastante ativa no controle de conteúdo religioso, que são materiais considerados ilegais no Uzbequistão.

Mais de duas mil pessoas estão presas, no país, por causa de crenças religiosas. É considerado um dos maiores grupos de cristãos presos no mundo. Não são permitidas atividades religiosas, no Uzbequistão, fora de instituições estatais e controladas pelo Estado.

Foto: Portas Abertas

Os seguidores de Jesus que são membros de igrejas não registradas são vistos como ameaça ao governo. Os cristãos podem ter as reuniões invadidas e serem presos ou multados por participarem de atividades religiosas “ilegais”.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se