Adventistas fazem ações voluntárias em nove países

Foto: Divulgação NA

Estudantes do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp) estão dedicando mês de julho para desenvolver projetos em quatro continentes.

Um grupo com cerca de 250 pessoas, entre estudantes, professores e funcionários do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp) estão dedicando parte do seu tempo para o voluntariado neste mês de julho. Ao todo, 14 localidades de nove países vão receber os participantes.

Entre os destinos dos alunos estão Paraguai, Chile, Angola, Nova Iorque (EUA), Egito e Brasil. No território nacional, os municípios atendidos são Nova Jerusalém e Maués (AM), Curitiba (PR), Campinas (SP), Quixabeira (BA) e Valongo (SC). Em cada local são realizadas ações de saúde, revitalização de locais públicos, construção de igrejas e escolas, pontos de evangelismo bíblico e trabalho com crianças.

São cerca de 15 a 20 dias das férias dedicados a realização de ações voluntárias. “Isso não apenas reforça a cultura de levar o ensino da sala de aula para a comunidade local, em atividades de extensão, mas cria na pessoa uma identidade de transformação social. Ao fazer voluntariado, ela não apenas faz o bem ao próximo, mas para ela mesma.”, identifica o pró-reitor de Desenvolvimento Espiritual, Comunitário e Estudantil da instituição, pastor Jael Eneas.

Voluntariado: obra que transforma vidas

Para a validação das horas, os alunos que se envolvem em atividades como essas, chamadas de missões no contexto local, precisam da supervisão de um professor ou responsável. É responsabilidade da instituição estruturar projetos e orientar o envio, a permanência e a reinserção dele, conforme a abrangência e a duração da atividade.

*Com informações de Notícias Adventistas


Leia mais

Jovem cruza o país para se dedicar ao voluntariado

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!