24.8 C
Vitória

Uma batalha chamada religiosidade

Leia também

Mercado de capitais melhora em julho; captações somam R$ 34 bilhões

O mercado exibiu no mês passado R$ 30,8 bilhões em captações, a queda foi de 49,2%.

Transporte interestadual abre guerra judicial entre governo e empresas

O governo já venceu em 18 ações e foi derrotado em apenas uma. Outras três seguem em tramitação

São Paulo registra 628.415 casos confirmados pela covid-19

Houve um aumento de 5% no número de óbitos na última semana em relação ao período anterior

Se alguém pedir para você listar algumas batalhas que costuma enfrentar no dia a dia, provavelmente terá várias para citar. E também, provavelmente, não falará a religiosidade, porque isso não é visto como tal.

Na maioria das vezes, quando falamos em batalhas associamos a tudo que for relacionado aos nossos pecados, ou seja, àquilo que é visível aos nossos olhos. Assim, não enxergamos uma que costuma nos derrubar (nós, os cristãos). E o nome desta batalha é RELIGIOSIDADE.

De alguns anos para cá, seguir uma religião tem sido muito comum, inclusive entre os jovens. É fácil perceber que atualmente a maioria da população frequenta alguma igreja e que estes membros se envolvem com a obra, exercem funções em ministérios e trabalham em diversas funções.

Porém, também é muito comum, que você só saiba disso, se perguntar. Sabe por quê? Porque a maioria dos religiosos vão à igreja, não são igreja.

As pessoas estão cheias de religiosidade, mas esquecem da verdadeira religião que é Jesus Cristo, que ensinou amar, ajudar e acolher o próximo. Dentro dos templos nós cantamos canções que não surtem efeitos nenhum, porque só são cantadas durante a celebração. Não temos ações no dia a dia.

O cargo que ocupamos dentro da igreja não tem mérito e o tempo que passamos nos cultos não mede a nossa fé. O que vai dizer se estamos vencendo a guerra contra a religiosidade é a nossa vida por inteiro.

Precisamos nos entregar por inteiro. Não adianta campanhas de orações, arrecadações e tantas ações somente dentro dos templos. É preciso que o nosso trabalho chegue em quem realmente precisa. A igreja (que somos nós) precisa fazer diferença em todo lugar.

Vamos lutar contra nossa religiosidade! Vamos viver JESUS CRISTO!

Bruna Hemerly, Jornalista


Leia mais

Ninguém é supercristão – o que preciso saber sobre tentações

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Canta Recife Experience com Rodolfo Abrantes e esposa

O Canta Recife Experience é o primeiro evento drive-in cristão do Nordeste. Saiba mais!

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Plugue-se

‘Fala, Pai’: podcast especial para homens

O "Fala, pai" apresenta  31 reflexões, com cerca de três minutos voltadas para os homens. Saiba mais!

Dia dos Pais: aqueça os corações com um bom filme

O Dia dos Pais é celebrado neste domingo, 9, mas que tal aproveitar o fim de semana para aquecer o coração com um filme especial?

“Confiar” é o terceiro single de Larissa e Isabela pela Sony

Larissa e Isabela são vencedoras do Festival de Música Gospel Eagle, edição ES, que aconteceu em setembro do ano passado

Como o estudo da Bíblia pode transformar uma pessoa

No Rio Grande do Sul, uma mulher passou a estudar a Bíblia sozinha. Hábito  alcançou toda a família e foi todo mundo transformado a partir do estudo da Bíblia