Um dia para a Religião e todos para a Fé

Dia-mundial-da-religião
Foto: Reprodução

No Dia Mundial da Religião, a Editora Mundo Cristão traz três dicas de livros edificantes que ajudam os leitores a conhecer um pouco melhor a realidade de como os cristãos pregam os ensinamentos de Deus

Nesta terça-feira (21) de janeiro comemora-se o Dia Mundial da Religião, criado com o intuito de promover harmonia entre os indivíduos, tolerância e o diálogo entre as diversas religiões existentes no mundo.

Não apenas nesta data, mas todos os dias do ano, cristãos levam a prática da palavra de Deus para aqueles que mais necessitam, transmitindo amor, paz e respeito. Com sua fé, ensinam que devemos amar o próximo sem julgamentos e sempre tratar com gentileza todos os que estão a nossa volta.

No “Dia Mundial da Religião”, é crucial refletir sobre a importância da tolerância e da bondade, além de nos lembrar o que a Bíblia diz sobre a prática do respeito para com o semelhante.

Terceirização da Fé

A Editora Mundo Cristão separou três livros que permitem ao leitor conhecer um pouco melhor a realidade das igrejas no Brasil e como que os verdadeiros cristãos acreditam e pregam a palavra do Senhor.

O livro: Terceirização da Fé, nestes tempos agitados, as soluções tecnológicas cada vez mais cumprem esse papel de facilitar a vida. Delegamos tarefas, na tentativa de encerrar o dia com a sensação de dever cumprido. No entanto, terceirizar a fé, é desprezar nossa oportunidade de nos relacionarmos intimamente com o Criador.

O autor, Tomás Camba, é um jovem teólogo preocupado com o descompromisso de cristãos que vivem uma fé nominal, destituída da graça e da presença de Deus, colocando assim em risco o futuro da igreja de Cristo.

Cinco Linguagens 

Mesmo nos melhores relacionamentos, todos nós cometemos erros. Fazemos e falamos coisas das quais depois nos arrependemos, magoando a quem mais amamos. Um simples “me desculpe” nem sempre resolve. Em edição atualizada, As Cinco linguagens do Perdão revela novas maneiras de abordar e reconstruir relacionamentos despedaçados.

“De fato aprender a pedir perdão, pode ajudar a reacender o amor que foi esmaecido pela dor. A nosso ver, quando todos nós aprendermos a pedir perdão, e quando entendermos a linguagem do perdão um do outro, poderemos trocar as velhas desculpas por honestidade, confiança e alegria”, destaca os autores Gary Chapman e Jennifer Thomas.

Desde 1970, o Dr. Gary Chapman escreveu mais de 30 livros sobre relacionamento afetivo, o que faz dele um dos maiores nomes no gênero. Juntamente com Jennifer Thomas, doutora em psicologia clínica, autora, palestrante motivacional e consultora de empresas, escreveram as “Cinco Linguagens do Perdão”.

 Gentileza que Cativa 

Um livro altamente provocante que não pode faltar na biblioteca do cristão zeloso! O livro “A Gentileza que Cativa – Defendendo a fé como Jesus faria”, de Dallas Willard, autor best-seller e professor de filosofia da Universidade do Sul da Califórnia, convida a uma reflexão transformadora acerca dos princípios da apologética a maneira de Jesus Cristo.

A apologética cristã é um serviço amoroso, e só de modo amável e respeitoso as pessoas poderão ver, confirmar e sentir-se persuadidas a responder àquilo que o cristão tem a dizer. Willard elucida questões como a importância do conhecimento e da razão, o envolvimento de Deus na ciência e na tecnologia e o problema do sofrimento e do mal.

O autor Dallas Willard lecionou filosofia na Universidade do Sul da Califórnia até sua morte, em 2013. É autor de livros como “A Conspiração Divina”, “A Renovação do Coração” e “A Grande Omissão”, que mudaram para sempre o modo como milhares de cristãos vivem e praticam sua fé. Com a esposa, Jane, teve dois filhos, John e Rebecca.


LEIA MAIS

“Educação e Gentileza nunca são demais” 
ONU cria dia para lembrar da perseguição religiosa 
Dia Mundial da Oração – uma prática essencial à vida cristã