23.6 C
Vitória
quinta-feira, 22 outubro 2020

Trump é indicado ao Nobel da Paz pela segunda vez

Leia também

Tereza Cristina diz ver potencial para crescimento no comércio com países árabes

Em meio à crise decorrente da covid-19, o Brasil demonstrou capacidade de cumprir com seus compromissos internacionais

‘Reconheço mérito, mas correções podem ser feitas’, diz Marques

O desembargador evitou se posicionar se é favorável ou não a uma revisão na prisão após condenação em segunda instância

Ministro da Saúde testa positivo para covid-19

Pazuello já havia tido febre e passado mal no início da semana, deixando, inclusive de participar de cerimônias públicas

A nomeação partiu de um político norueguês e foi justificada pelos esforços do presidente para negociar a paz entre Israel e os Emirados Árabes Unidos

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz, anunciou nesta quarta-feira, 9, o site do canal de notícias americano Fox News. De acordo com a reportagem, a indicação de Trump foi feita pelo parlamentar norueguês Christian Tybring-Gjedde, que também atua como presidente da delegação norueguesa na Assembleia Parlamentar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan)

Em entrevista a Fox News, o norueguês destacou o papel do presidente norte-americano para consolidação do acordo entre Emirados Árabes Unidos e Israel. “Por seu mérito, acho que ele fez mais tentando criar a paz entre as nações do que a maioria dos outros indicados ao Prêmio da Paz”, disse Tybring-Gjedde.

Ainda de acordo com a rede americana, a carta de indicação enviada pelo parlamentar ao comitê do Nobel aponta o acordo Israel-Emirados Árabes como um possível “momento de virada” nas relações do Oriente Médio, criando cooperação e prosperidade para a região. Outros pontos destacados por ele foram a retirada de tropas, por Trump, do Oriente Médio, e a mediação de conflitos internacionais, como nas disputas entre Índia e Paquistão pela Caxemira e entre Coreia do Norte e Coreia do Sul

Na entrevista, Tybring-Gjedde disse não ser um apoiador de Trump, apesar de tê-lo indicado anteriormente ao prêmio de 2018. No entanto, assim como o presidente americano, o parlamentar norueguês é ferozmente contra a imigração e uma vez comparou o hijab a roupas usadas pelos nazistas e pela Ku Klux Klan. Em 2006, ele também indicou o cineasta crítico islâmico Ayaan Hirsi Ali, que não ganhou o prêmio.

Como é a escolha do Nobel da Paz

Em setembro, o Comitê do Nobel envia cartas convidando indivíduos considerados qualificados (ativistas, políticos, filósofos, entre outros) a nomear seus candidatos favoritos ao prêmio. Fevereiro é o prazo final para nomeações. Qualquer indicação que chegar após o dia 1º de março será incluída apenas na competição do ano seguinte, de modo que a indicação de Trump por Tybring-Gjedde é válida para o prêmio de 2021.

Até março, o Comitê do Nobel recebe cerca de 200 indicações a cada ano – o número de cartas é ainda maior, uma vez que muitas delas recomendam o mesmo candidato.

No intervalo entre fevereiro e março, o grupo seleciona alguns desses nomes para compor uma lista curta. Até agosto, um grupo de conselheiros fixos e especiais – ou seja, que conhecem profundamente a história de determinados candidatos – analisa os pré-selecionados. Em outubro, a lista é submetida ao voto do Comitê do Nobel, que escolhe o vencedor por maioria de votos. O nome do eleito é divulgado.

O laureado recebe seu prêmio na Cerimônia do Prêmio Nobel da Paz, em 10 de dezembro, em Oslo, na Noruega. A premiação consiste em uma medalha, um diploma e um documento confirmando o valor da recompensa em dinheiro – que pode variar, mas gira em torno de 10 milhões de coroas suecas (mais de 6,9 milhões de reais).

O prêmio Nobel da Paz é concedido, desde 1901, anualmente, a homens, mulheres e organizações que trabalharam para o progresso da humanidade. Alguns nomes polêmicos já integraram a lista de indicados ao Nobel da Paz. Adolf Hitler, Benito Mussolini e Josef Stalin já estiveram entre os indicados, cada um em um contexto específico – a indicação do líder nazista, por exemplo, é considerada até hoje uma “indicação de protesto”. A Fifa e o astro pop Michael Jackson também já foram cotados.

*Com informações do Estadão

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Líder da Missão Praia da Costa, Pastor Simonton Araújo, está na UTI

Pastor Simonton Araújo dirige a Missão Praia da Costa, em Vila Velha (ES), há 24 anos: "Seja feita a vontade do PAI!", escreveu

“40 Dias – Milagre Da Vida”: impacto e esperança

Pastores e líderes de diversos lugares do país, mobilizaram pessoas de suas igrejas, amigos e familiares para conferirem no cinema a história impactante de Abby Johnson

Irmão caminhoneiro: “Se 10% deles lerem a Bíblia pra nós já é um ganho”

Membros da igreja presbiteriana de Araguaína, em Tocantins, com o apoio da PM abordaram caminhoneiros nas estradas para entregar kits com álcool em gel, máscaras e panfletos. Confira!

A fascinante história do menino de rua que virou milionário

A superação de um jovem australiano de 22 anos que virou milionário, busca inspirar outras pessoas em situações semelhantes. Conheça essa história fantástica!

Igrejas incendiadas no Chile: “repudiável”, diz Marco Cruz

O secretário-geral da Portas Abertas, chamou os ataques as igrejas do Chile no domingo, 18, de "reprovável". Saiba mais!

“Onde o espírito de Deus está”, com Christine D’Clario

Segundo a artista, música vai abençoar as pessoas que se conectam com Deus. Conheça a canção!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Semana dos manuscritos do Mar Morto; Saiba mais!

Arqueólogos e especialistas vão apresentar um dos mais impactantes achados da humanidade, na semana dos manuscritos do Mar Morto. Evento, que começa nesta segunda,19, é gratuito!

Live Solidária “Um Com Eles” em Libras

A live solidária, realizada pela Portas Abertas, será transmitida pelo Facebook, e estará acessível a todos que entendem a língua brasileira de sinais. Saiba mais!

Desafio Superação em corrida virtual; É neste domingo, 18

Em alusão ao Outubro Rosa, o Desafio Superação vai mobilizar mulheres cristãs de todo o Brasil em prol da saúde. Saiba mais!

Vovô Raul Gil recebe artistas gospel em live; Saiba mais

A live gospel do Vovô Raul Gil será no dia 21 de outubro e vai reunir personalidades e artistas evangélicos. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

“40 Dias – Milagre Da Vida”: impacto e esperança

Pastores e líderes de diversos lugares do país, mobilizaram pessoas de suas igrejas, amigos e familiares para conferirem no cinema a história impactante de Abby Johnson

Rayssa Peres em “Somos mulheres de Deus”

Música é uma homenagem às mulheres. Conheça a canção!

Deive Leonardo de volta as pregações presenciais

Fenômeno da internet, Deive Leonardo grava a primeira série presencial em Itajaí (SC) depois de um bom tempo sem gravar por conta da pandemia.

Episódios do Nossa Música Brasileira; Assista aqui!

Nossa Música Brasileira acontece em formato on-line, com episódios até o final de 2020.. Confira aqui!