Florence – Trump declara emergência na Carolina do Sul

Foto: Andrew Caballero-Reynolds/AFP

18 pessoas morreram por causa da tempestade nos EUA

O presidente dos Estados Unidos (EUA) Donald Trump, anunciou estado de emergência na Carolina do Sul, nesta segunda-feira (17), devido a devastação provocada pela tempestade Florence.

Foram 18 pessoas mortas na Carolina do norte, além de grandes inundações. Será disponibilizada assistência financeira para instituições governamentais e civis auxiliarem nas medidas de proteção na região.

A tempestade Florence chegou a ser um furacão de categoria 4 nas escala Saffir-Simpson e já foi rebaixado a categoria 1. Chegou aos EUA na sexta-feira passada (14), atingindo primeiro a Carolina do Norte e depois do a Carolina do Sul, deixando cerca de 18 pessoas mortas, e milhares de pessoas deslocadas obrigatoriamente de suas casas.

Assistência

A declaração autoriza o Departamento de Segurança Nacional (DHS) e a Agência Federal de Gestão de Emergências (Fema) a coordenarem todos os esforços de socorro em casos de desastre e a destinarem verbas federais para enfrentar a tragédia. A assistência financeira será colocada à disposição de diversas instituições – governamentais e civis -, com o objetivo de implantar “medidas de proteção de emergência” na região.

Embora sua intensidade tenha diminuído nos últimos dias e agora seja considerada tempestade tropical, os fortes ventos e, principalmente, a quantidade de chuva que gerou, provocaram inundações significativas e obrigaram milhares de pessoas a deixarem suas casas.

Apesar do progressivo enfraquecimento da tempestade devido ao afastamento do litoral, especialistas do Serviço Meteorológico Nacional (NWS) alertaram que Florence representa “uma situação incrivelmente séria” para amplas porções na Carolina do Norte e na Carolina do Sul.


Leia mais

Grande furacão deixa os EUA em estado de emergência

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!