25.5 C
Vitória
quinta-feira, 18 agosto 2022

Trillia Newbell: “ajudar pessoas a prosseguir na jornada com Cristo”

Autora norte-americana Trillia Newbell, escritora do livro "Corrida da Fé" pela Editora Mundo Cristão. Foto: Reprodução

A norte-americana Trillia Newbell, autora do livro “Corrida da Fé”, pela Editora Mundo Cristão, concedeu uma entrevista e contou sobre o objetivo da maratona Cristã

Por Victor Rodrigues 

A vida cristã é resultado de superação. Para aqueles que querem ser encorajados a enfrentar os desafios impostos por uma jornada piedosa, o livro “Corrida da Fé”, oferece suporte aos leitores que querem permanecer “fiéis até o fim”. 
 

Na obra, a escritora norte-americana Trillia Newbell, que é palestrante e diretora de projetos comunitários da Comissão de Ética e Liberdade Religiosa da Convenção Batista do Sul dos Estados Unidos, compartilha verdades teológicas e práticas para quem deseja “prosseguir” mesmo em meio aos desafios.  

Trillia, ao longo da obra, faz uma analogia com a vida de um atleta. Ela que é admiradora do atletismo, já foi campeã estadual de corrida, deu aula em academias, treinou preparadores físicos e chegou a ser proprietária de um pequeno estádio de ginástica. 

Desse modo, o livro, relata promessas contidas na Bíblia para encorajar o leitor a perceber que o Espírito Santo de Deus, o capacita a avançar nesta maratona, e mesmo em meio aos obstáculos, que fazem parte da jornada cristã, ele possa prosseguir.  

Confira, a seguir, a entrevista que a autora norte-americana Trillia Newbell concedeu ao Mark Carpenter, presidente da Editora Mundo Cristão. 

O que a motivou a escrever o livro? 
Trillia Newbell – Ajudar pessoas a prosseguir na jornada com Cristo; explorar as Escrituras para encontrar princípios sobre o que é necessário para perseverar até o fim e encorajar os leitores a fazer isso.

Livro “A Corrida da Fé” da autora norte-americana Trillia Newbell. Foto: Reprodução.

Qual o objetivo da maratona cristã? 
Glorificar a Deus. Assim como numa maratona, a vida de fé é cheia de sofrimentos, dores, e tentações. Por isso, podemos chegar na reta final muito cansados. Da mesma forma que um corredor precisa de suprimentos para alcançar a linha de chegada, precisamos de uma vida de oração, leitura da Bíblia, partilha com uma comunidade de fé e comunhão com o Espírito para chegarmos até o fim.

Qual a fonte de nossa motivação?
O Senhor que ressuscitou! Ele é nosso motivo perfeito, mesmo que estejamos confusos. O Senhor é a fonte de nossas motivações, ele nos capacita a terminar a corrida. Não precisamos nos apoiar em legalismos para ganhar o favor de Deus, mas, sim, perseverar, animados pela fé e pela graça.

E a recompensa?
Encontrar o Senhor face a face! As promessas da Palavra de Deus devem ser nossa inspiração. Algumas dessas promessas podem ser lidas em Hebreus 11 e 12.

Cite importantes disciplinas cristãs?
Leitura da Bíblia; Oração; Descanso (físico e espiritual) — descansar no Senhor é colocar nossas ansiedades sobre ele —; Silêncio.

Como encarar os fracassos?
Devemos encará-los como algo que pode acontecer durante o trajeto e lembrar que […] “se confessamos nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar nossos pecados e nos purificar de toda injustiça” (1Jo 1.9, NVT). Deus é misericordioso o suficiente para nos perdoar. Outro ponto importante: nossa caminhada não pode ser isolada, mas, sim, em comunidade, com o auxílio de outros irmãos.

Polarização política e divisão dentro da igreja? 
Os pensamentos divergentes não deveriam nos dividir. Ao citar Efésios 2, salienta que o muro de separação foi derrubado. Devemos deixar as armas de lado e pedir a Deus ajuda para caminhar nessa realidade.

Qual a relação entre Fé e obras?
Devemos ser proativos para alcançar sonhos e objetivos e lembrar que “a fé sem obras é morta”, pois as obras são a evidência de nosso coração transformado.

Conte uma experiência pessoal?
Trillia comenta que já sofreu muito com a questão do racismo e que uma das coisas que aprendeu foi reconhecer seu valor, sua identidade em Deus. Isso a ajuda a prosseguir e a encontrar paz. “Ame a justiça, ame a misericórdia e ande com humildade diante do Senhor”, conclui.

*De Victor Rodrigues com informações da Mundo Cristão 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se